A história próxima do Casarão do ex-prefeito

No dia 26/01/2011, o GuarulhosWeb noticiava “Abraço em casarão histórico do Centro fracassa por falta de pessoas“. O protesto era uma iniciativa da AAPAH para evitar o destombamento e a demolição da Casa do Prefeito José Maurício, que fica entre as ruas Felício Marcondes com a Sete de Setembro, no Centro de Guarulhos.

A iniciativa visava evitar o que havia acontecido com a Casa Saraceni, que foi destombada e demolida com o aval da Câmara dos Vereadores e o Conselho Municipal do Patrimônio Histórico. O protesto era um modo de chamar atenção das autoridades e buscar conscientizar a população sobre a importância da conservação do patrimônio histórico.

Como foi noticiado na matéria, não houve apoio em massa da população. Naquela época o imóvel ainda era de propriedade dos herdeiros do ex-prefeito José Maurício. O restauro ficaria caro e comercialmente seria mais interessante o terreno que a própria casa. Assim, para os herdeiros a casa era um elefante branco.

Em junho de 2013, a imprensa local noticia que a prefeitura comprou o casarão por 3 milhões de reais e o local se tornaria um centro cultural e educacional, a partir de 2014.

Mesmo com a propriedade passada para o poder público, o casarão que deveria embelezar o centro da cidade está abandonado. Os únicos que se interessam de visitar o local são estudantes de arquitetura e história levados pelos professores para criarem projetos de restauro para trabalho da graduação.

Após cinco anos da tentativa do abraço organizado pela Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo Histórico, a Casa do Prefeito José Maurício continua se degradando por causa da ação do tempo. Por enquanto, o restauro e o uso do prédio continua sendo projeto. Como em Guarulhos tudo que é sólido se desmancha no ar, continua o risco de perder mais um patrimônio histórico.

Segue abaixo as fotos tiradas de dentro da Casa do Prefeito José Maurício, ano de 2014. Acervo: AAPAH/Bruno Leite de Carvalho.