Por Cris Marques
Fotos: Rafael Almeida
e banco de imagens

O Verão está chegando ao fim e junto com ele também ficam para trás as viagens recorrentes à praia, os fins de semana à beira da piscina e uma maior exposição ao Sol, que deixam saudades e boas lembranças, mas fazem um mal danado para a cabeleira. E se os cabelos precisam de cuidados o ano todo, é depois desse período que eles precisam de mais atenção. “Na verdade, não é a estação que maltrata os fios, mas sim as agressões que eles sofrem com cloro, água salgada, excesso de lavagem, poluição, a exposição maior aos raios solares e a falta de cuidados específicos, como o uso diário de produtos com proteção solar”, explica Telma Magalhães, coordenadora pedagógica do Instituto Embelleze, em Guarulhos.

Esses fatores externos causam diminuição da proteção sebácea do fio e fragilizam a cutícula, o que resulta em perda de pigmentos, proteínas e água, além de fios opacos, sem brilho, ressecados, quebradiços e com pontas duplas. Para tratar, recuperar e começar a nova temporada com cabelos cheios de vida, além de apostar em ativos que hidratem, procurar um profissional para uma análise da sensibilização dos fios é ideal. “Somente alguém com conhecimento em tricologia (estudos dos fios), poderá avaliar o estado dos danos sofridos e indicar o procedimento correto. Depois disso, dá para fazer a manutenção em casa com os compostos indicados, e, no salão, fazer consultas rotineiras, para ver se há a necessidade de mudar o tratamento”.

 

Para a profissional, antes de iniciar qualquer tratamento, é preciso usar um xampu antirresíduos, para remover os resquícios de protetores solares, cremes, cloro e sal, e investir em hidratações com produtos de qualidade e específicos para cada tipo de fio.

Confira as dicas da Telma:
• Crespos
O formato em ondas dificulta a distribuição da oleosidade de maneira uniforme, deixando as pontas ressecadas e o comprimento quebradiço. Uma boa estratégia é usar óleos vegetais, derivados de silicone e de lanolina, vitamina E e proteínas, que repõem os nutrientes e fecham as escamas dos cabelos.

• Cacheados
Produtos com óleos vegetais, proteínas, silicone ou lanolina são os mais indicados. Os cremes para pentear são igualmente indispensáveis e os fios devem ser penteados logo após a aplicação destes produtos. A dica aqui é sempre usar um pente de dentes largos, de forma suave, nas mechas ainda úmidas.

• Lisos
Evite o uso exagerado de máscaras hidratantes, lançando mão dos reparadores somente nas pontas. Aplicar um xampu de limpeza profunda a cada 15 dias também ajuda a remover a oleosidade excessiva.

• Com química
Mais frágeis e danificados devido à ação dos alisantes, progressiva e outros, eles exigem produtos sem sal e xampu e leave-in específicos para fios quimicamente tratados.

• Cabelos tingidos
Além de apostar em produtos para cabelos coloridos, o ideal é não lavar as madeixas com água quente e sempre enxaguar bem a raiz. As hidratações profundas são recomendadas quinzenalmente.

Quer ler outras matérias da edição 322 da Revista Weekend? Acesse!