Motorista de ônibus é baleado na avenida Guarulhos

Dois indivíduos roubaram o posto de combustíveis Presidente, na via Dutra, neste sábado, 6, por volta das 17h. De acordo com a polícia, para fugir, os criminosos utilizaram um ônibus EMTU com passageiros, sentido Guarulhos. O motorista avisou os policiais da base da 5ª Cia do 15 BPM/M, quando passava pela avenida Guarulhos, altura do número 3998, Ponte Grande.
Ao perceberem a ação, os bandidos atiraram contra o motorista que jogou o coletivo de frente à base da PM. Os suspeitos saíram do veículo e roubaram um carro EcoSport que trafegava na via, levando como refém o casal de ocupantes. Eles foram perseguidos pelos policiais até São Paulo. O coletivo ficou atravessado na contramão da via. O trânsito ficou bastante afetado. Felizmente, nenhum passageiro se feriu.
Os indivíduos foram presos na marginal Tietê depois de trocarem tiros com os policiais. Um foi atingido no braço.
O motorista foi socorrido em estado grave para o Hospital Padre Bento, onde passou por cirurgia e está internado na UTI com quadro estável.

Segundo caso em 6 dias

No dia 31 de janeiro, Algo Aguiar, de 59 anos, foi alvejado após reagir a um assalto na Rua Doutor Vital Brasil, esquina com Rua Cruz Alta, na Vila Nova Cumbica. Atingido no tórax, o motorista, que também exerce a função de cobrador de ônibus, foi internado no pronto-socorro do Hospital Municipal Pimentas-Bonsucesso, sem correr risco de morte.
O veículo seguia em direção ao bairro quando três suspeitos, que viajavam entre os passageiros, anunciaram o assalto. O motorista reagiu e entrou em uma luta corporal com um dos bandidos, mas acabou baleado.
O coletivo bateu desgovernado contra uma carreta que estava estacionada em frente a uma churrascaria. Os assaltantes fugiram e não se sabe se levaram alguma quantia.