PUBLICIDADE
InícioCANAISECONOMIAPrograma de Proteção ao Emprego terá que ser aprovado por trabalhadores

Programa de Proteção ao Emprego terá que ser aprovado por trabalhadores

Publicado em
PUBLICIDADE

Para que as empresas possam implementar o Programa de Proteção ao Emprego, lançado ontem, 6, pelo governo federal, os trabalhadores terão que aceitar a proposta por meio de acordo coletivo firmado entre a categoria e as entidades patronais.

De acordo com Rafael Marques, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, o programa já havia sido reivindicado em 2012 para ser utilizado em momentos “delicados”, e vai possibilitar a preservação do emprego e da renda.

 

O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, lembrou que o programa é experimental e terá prazo máximo de vigência – final de 2016 – o que permitirá ao governo avaliar as suas consequências. Segundo o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, o programa também preserva a produtividade da empresa ou indústria na medida em que permite o vínculo empregatício no momento em que enfrenta volume menor de vendas.

Outras exigências serão os indicadores econômicos e financeiros que a empresa terá que comprovar, antes de aderir ao PPE. Nesse sentido, um comitê interministerial, cuja primeira reunião ocorrerá nesta terça-feira, 7, terá 15 dias para definir os critérios de enquadramento dos setores e empresas.

Agência Brasil

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE