Recordando o Trem das Onze (Herminda Tavela Abrantes)

De 17 de julho a 16 de agosto

Local: Biblioteca Monteiro Lobato
rua João Gonçalves, 439, Guarulhos/SP
Inf.: 2451-5184 (Maria do Rosário / Antonio)

A exposição, que retrata em pinturas à óleo as estações de trem do trecho entre Tamanduateí, Cantareira e Guarulhos, do conhecido Trenzinho da Cantareira, administrado pela empresa inglesa Tramway. Os trens percorreram este trecho de 1894 a 1965, quando a linha férrea foi desativada. As memórias da artista plástica Herminda, que morou em Guarulhos e utilizava o trem quando criança, a levaram a pesquisar sobre o tema e a retratar as estações ferroviárias em suas pinturas. Quando a pesquisa ficou extensa, Herminda publicou um livro a respeito. A estação inicial do trem localizava-se junto ao Mercado Municipal de São Paulo. Em Guarulhos, as estações iam de Vila Galvão até Cumbica. A estação de Jaçanã, em São Paulo, ficou famosa pela canção de Adoniran Barbosa, que dá nome a esta exposição.