sexta-feira, 27 maio 2022
- PUBLICIDADE -
InícioCANAISLITERATURAA ironia e o deboche são contrários ao senso de humor e...

A ironia e o deboche são contrários ao senso de humor e a alegria

 

A alegria e o senso de humor devem fazer parte da Alma humana como dádivas ou valores que expressem a força do Espírito. E se revelam, no geral, no caráter de uma pessoa, como dons que tornam a vida mais alegre e, principalmente, mais suave para quem os possui e para os seus semelhantes. São, pois, qualidades admiráveis que, muitas vezes, se revelam como verdadeiros talentos, dignos de admiração e que podem até mesmo incrementar profissões, sobretudo aquelas ligadas aos universos da comunicação e da arte. Esta é uma qualidade da Alma que, como o Sol que irradia Luz e Calor, deve sempre promover satisfação extrema e provocar nos ambientes o intenso contentamento, que no particular – quase sempre – suaviza a dor e traz a paz que leva, geralmente, à reflexão e a gratidão. É, por essa razão, provavelmente, que as pessoas alegres e com senso de humor exercem forte magnetismo ao seu redor, sempre atraindo pessoas inteligentes e de bom gosto para as suas relações, pois contribuem, normalmente, para a elevação da autoestima. Quando, porém, essas qualidades se expressam de maneira desequilibrada, em forma de deboche ou ironia – como qualquer virtude que em excesso se revela como vício – provocam em torno do próprio individuo uma atmosfera negativa, que afasta tudo aquilo que pode ser benéfico e que, de certa forma, o protege e aqueles que se encontram ao seu redor. Pois, tais atitudes ou comportamentos negativos, adversas à prática do bem, promovem a desarmonia e criam o ambiente ideal para os acontecimentos nefastos, estimulando, muitas vezes, o ódio, o preconceito e, até mesmo, a vingança. É verdade – penso eu – que, muitas vezes, é sútil a diferença entre o senso de humor e a ironia. Porém, o primeiro estimula a alegria e promove elogios já, o outro, traz a revolta e causa mágoa. Empregar, pois, essas qualidades da alma é uma arte e, bem sabemos, nem todos são verdadeiros artistas. Mas, como se trata de comportamento, nada impede que, conscientemente, possa ser estimulado e aperfeiçoado.

José Paulo Ferrari – 11 de agosto de 2015

- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,572SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Senado aprova MP do programa de serviço voluntário

O Senado aprovou nesta quarta-feira (25) a Medida Provisória (MP) 1.099/2022, que cria o Programa Nacional de Serviço Civil Voluntário. O programa oferece cursos...

CPTM abre licitação para obras na Plataforma do Expresso Aeroporto, na Luz

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) publicou na edição desta terça-feira (24/05) do Diário Oficial do Estado de São Paulo o edital para...

Programa Saúde Agora abre cinco UBSs no último sábado do mês

No próximo sábado (28) cinco Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estarão abertas das 8h às 16h pelo programa Saúde Agora para atender a população...

Caixa paga parcela do Auxílio Brasil para Beneficiários NIS final 4

A Caixa Econômica Federal paga nesta segunda-feira (23) a parcela de maio do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de...

Ray Liotta, astro de ‘Os Bons Companheiros’, morre aos 67 anos

O ator Ray Liotta nos deixou nesta quinta-feira, 26, aos 67 anos, na República Dominicana. Segundo o Deadline, o artista morreu enquanto dormia. Liotta participou...