Governo volta atrás e decide pagar primeira parcela do 13º em setembro

O Governo Federal voltou atrás e decidiu que pagará a primeira parcela do 13ª salário dos aposentados e pensionistas do INSS. Semana passada, o Ministério da Fazenda havia suspenso o pagamento por falta de caixa.

O adiantamento da parcela não é obrigatório, mas há nove anos o governo vem permitindo o repasse na folha de agosto.

O pagamento de metade do 13º representa um gasto de R$ 15,8 bilhões e terá que ser pago de qualquer forma, portanto o impacto fiscal continua sendo o mesmo, independente da data escolhida.