Agências bancárias entram em greve por tempo indeterminado

 

Após assembleias realizadas na semana passada, os bancários decidiram entrar em greve por tempo indeterminado, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

Os trabalhadores querem reajuste salarial de 16% com piso de R$ 3.299,66, além de Participação nos Lucros e Resultado (PLR) de três salários mais R$ 7.246,82. Vale alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá de R$ 788 cada, pagamento para graduação e pós e melhorias nas condições de trabalho e segurança são as outras reivindicações da categoria.

Em Guarulhos, grande parte das agências aderiram ao movimento.

Não se preocupe

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os clientes poderão fazer saques, transferências e outras operações por canais como caixas eletrônicos, internet banking, aplicativos no celular (mobile banking), telefone, além de estabelecimentos credenciados (Correios, supermercados, lotéricas e etc.).