Saae terá receita de R$780 milhões em 2016

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) – autarquia responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto em Guarulhos – terá receita de R$780 milhões em 2016. A previsão orçamentária foi apresentada na tarde de segunda-feira, 30, em audiência pública, na Câmara Municipal.

Segundo o superintendente da autarquia, Afrânio de Paula Sobrinho, a cidade aumentou o número de reservatórios, mas o racionamento continua. “Construímos 14 reservatórios e 500 quilômetros de rede, mas triplicar a capacidade de armazenamento não foi suficiente para reduzir a falta de água, porque a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) diminuiu a vazão de 3,5 para 2,4 mil litros por segundo; portanto, não se pode distribuir o que não se tem.”

O vereador Guti (PSB) criticou a possível demissão dos funcionários do Saae, caso a Sabesp assuma a gestão. Sobrinho disse apenas que o acordo é importante para o município. “A Sabesp detém o monopólio do fornecimento de água, então é preciso fazer esforços para que o acordo aconteça; a discussão não se restringe ao pagamento da conta, mas à garantia do abastecimento”, justificou.

O vereador Eduardo Barreto (PCdoB) questionou a probabilidade de construção de reservatórios de água no bairro Fortaleza. O superintendente explicou que a adequação do sistema de abastecimento é um processo lento. “A ampliação é um investimento de longo prazo. A maior dificuldade é a destinação da rede, que exige um investimento maior. Dividimos a cidade em várias porções para uniformizar o abastecimento, e vamos dar andamento à ampliação de forma satisfatória no próximo ano.”

 

Veja detalhes do orçamento do Saae na tabela a seguir:

 

  VALOR DESTINAÇÃO
1 R$ 900 mil Patrimonial e aplicação financeira
2 R$ 382 milhões Serviços prestados
3 R$332,5 milhões Outras receitas (dívidas e execuções)
4 R$ 200 mil Alienação e bens
5 R$ 400 mil Agência reguladora AGRU (funcionários cedidos)
6 R$ 63,4 milhões Financiamento CEF / PAC
  R$ 779,4 milhões TOTAL