Homem é suspeito de forjar acidente para esconder assassinato de ex-mulher em Guarulhos

Michael Lima, de 31 anos, é suspeito de forjar um acidente de trânsito para esconder a causa da morte da ex-mulher, Andréia Lima, 29 anos, em Guarulhos. A polícia informou que a vítima foi assassinada com duas facadas.

Após Michael ameaçar assassinar a mãe da vítima, Andréia foi ao encontro do ex-marido na segunda-feira, 4, no Terminal São João. Andréia foi levada à força para dentro do carro, que seguiu pela estrada Guarulhos Nazaré. O ex-marido, sob efeito de drogas, teria desferido duas facadas na ex-mulher, que não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do veículo. Michael, então, jogou o automóvel contra um caminhão.

 

O homem foi socorrido. Testemunhas afirmam que o viram jogando o carro intencionalmente contra o caminhão. Michael é suspeito de homicídio doloso – quando há intenção de matar –  e de crime de trânsito.

Michael e Andréia foram casados por onze anos ( informação anterior dizia ter cinco anos). O uso de drogas pelo ex-marido culminou no término do relacionamento em novembro do ano passado.

Nota da Redação: Amiga da vítima contesta informações cedidas pela polícia, alegando que Andréia tenha se encontrado com o marido por ameaça de que sua mãe seria morta. A ex-esposa passava um final de semana fora, sem dizer o endereço do local. Michael tinha ciúmes possessivo e por isso ligou para a ex-mulher por todo o final de semana. Andréia informou o local que ela estava e o suspeito se deslocou para lá usando o próprio carro da vítima. No caminho para a casa, eles se desentenderam e Michael jogou o contra o caminhão propositalmente. A amiga questiona também as facadas desferidas contra Andréia, dizendo que ainda não há evidências que provem o ocorrido.