Por Tamiris Monteiro

Guarulhos vem se firmando como uma das principais metrópoles do estado de São Paulo, não à toa; afinal, com um crescimento bastante acelerado nas recentes décadas, a cidade perdeu o status de “cidade dormitório” para transformar-se em um dos municípios mais procurados para moradia, investimento em novos negócios e construção de empreendimentos. Graças a essa demanda, a cidade tornou-se pluralista, cheia de bons lugares para frequentar e conhecer, comprovando, definitivamente, que a ideia de ter que ir à Capital para ompras ou diversão já não se sustenta mais.
Dentro desse contexto, a vida noturna guarulhense também passou a ser mais valorizada, o que resultou em empresários mais seguros e confiantes para investir em bares, baladas, pubs e matinês na região. Foi o caso de Rodrigo Redoschi, um dos sócios do Boteco Boa Vista, bar aberto há três anos. “A noite de Guarulhos mudou muito nos últimos cinco anos, sendo que foi um mercado que cresceu bastante, principalmente no ramo de bares”, afirma.
Localizado no ponto de maior concentração de casas noturnas da cidade, que é a rua Tapajós, o Boa Vista foi inspirado nos famosos botecos do Rio de Janeiro, com comidinhas e bebidas típicas. E a aposta foi tão certeira que quem passa pelo bar quase sempre vê o lugar lotado. No mesmo logradouro, outros importantes bares, baladas e casas gastronômicas, como Villa Velha, Água Doce Cachaçaria e outros, atraem, quase diariamente centenas de pessoas que se reúnem para curtir a noite de Guarulhos.
O sucesso das baladas da rua Tapajós e imediações é tão incontestável que quase tudo que abre por lá costuma dar certo. Exemplo disso é o Adega 33. Aberta há seis meses, a casa já é uma das queridinhas dos guarulhenses, tanto que às sextas e aos sábados é possível presenciar longas filas de espera para entrar no bar. Para Ronaldo Luiz Vilela Junior, um dos sócios, investir em algo novo na cidade foi um bom negócio e a boa aceitação da casa ele atribui ao esforço contínuo de manter o cliente satisfeito.
De acordo com ele, o Adega 33 nasceu do desejo de fazer com que o guarulhense não precise sair de sua cidade para ter acesso a um bom bar, bons drinks e boa comida. “Cumprimos nossa missão, tanto que hoje recebemos várias pessoas de diversas localidades de São Paulo. Essas pessoas vêm para Guarulhos e tornam-se clientes assíduos”, analisa.
Apesar de a rua Tapajós abrigar o maior aglomerado de casas noturnas, a badalação da cidade não se limita à região, e ao longo de importantes avenidas como Paulo Faccini, Timóteo Penteado e suas imediações, existem outros lugares bem movimentados e conhecidos pelo público que gosta de aproveitar a noitada. Algumas dessas casas são: Kabala, Sport Bar, Amarelinho, Praça do Boteco, Esquina Carioca, Paratti Boteco, Imperial Club, The Mix, Empório Cantareira e Zero Onze.
Mas, obviamente, há outras localidades com casas já bastante conhecidas, como, por exemplo, na vila São Jorge, onde fica situado o tradicional boteco Asinha, em torno do qual surgiram várias outras casas; o Centro, onde é possível curtir bares e baladas que fogem do comum, como o pub The Lord Black Irish Pub e o bar Schoppen; e o bairro Macedo, com a casa de shows King Club.

Tem para todos os gostos

Se diversidade é palavra de ordem, a noite de Guarulhos tem opções para todas as tribos. Para quem curte sertanejo, por exemplo, uma boa pedida pode ser o Kabala. A casa, que está aberta há quase dez anos, firmou-se como a principal balada country da cidade e já sediou até campeonatos de dança de sertanejo universitário.

Para os apaixonados por futebol, uma boa opção é o Sport Bar. Instalado onde antes era o Santo Taco, o bar abriu com a proposta de atender a um público que gosta de acompanhar as transmissões futebolísticas.  Mas também funciona como balada e já foi palco de shows de bandas famosas, como os forrozeiros do Falamansa.

Já a turma do rock tende a gostar do The Lord Black Irish Pub, inspirado nos pubs irlandeses. A casa é pioneira no segmento e, além da boa música, tem como ponto forte mais de 50 rótulos de cervejas. Outro diferencial é que o lugar é a única balada de Guarulhos que comemora do modo mais tradicional o Saint Patrick’s Day (Dia de São Patrício), 17/3.

Agora, se a intenção for fazer algo mais tranquilo, tomar uma cerveja importada e ainda saborear pratos da culinária alemã, então, Schoppen Choperia é o lugar mais indicado. Também aberta há quase 10 anos, a casa tem em seu cardápio como carro-chefe o Eisbein, feito com joelho de porco grelhado, cozido com chucrute e batata.

Com a palavra, os baladeiros

Bem, se a vida noturna de Guarulhos é tão agitada e oferece opções para todos os gostos, nada mais justo do que saber da boca de frequentadores o que acham dos bares e baladas locais.

Sheila Almendros tem 32 anos, é jornalista e gosta de ir ao Lord Black. “Não costumo ir a outras casas em Guarulhos e o que mais gosto no Lord Black são as quintas cover. Eles sempre escolhem a dedo bandas extremamente talentosas e profissionais, e foi lá que conheci algumas que hoje eu adoro, como o Blaymorphed e a Skin and Bones. Também gosto muito das comidinhas. O cardápio deles é bem caprichado e acho que é diferenciado de outros pubs. O que me faz preferir o Lord Black a pubs paulistanos, além da distância, é também o custo-benefício. Às vezes, pagamos caro para entrar em um lugar, onde a banda nem é tão boa assim, o atendimento é bem precário, porque sempre tem poucos funcionários para muita gente e a comida bem genérica. No Lord Black você paga por um preço justo, ouve boa música, é muito bem atendido e acomodado e ainda paga por algo realmente gostoso”, conta.

Kazuo Honda tem 31 anos, é empresário e curte a noite de Guarulhos há quase uma década. Sem preconceito, Kazuo sempre foi frequentador assíduo das casas noturnas da cidade. “Gosto de um sertanejinho, pagode e de ficar bebendo e batendo papo com os amigos nos botecos da vida. Já fui a muitos lugares por aqui, mas hoje, os locais que mais gosto de frequentar são: Villa Velha, Boteco Boa Vista, Asinha, Adega 33, Kabala e The Mix. Agradam-me porque ficam perto de casa, são lugares legais, com gente bacana e conheço quase todo mundo. Em São Paulo vou também, mas outra vantagem de frequentar baladas daqui é que você acaba conhecendo do garçom ao gerente, o que garante, na maioria das vezes, um atendimento mais exclusivo”.

Alana Yukisada tem 28 anos, é advogada, diz que começou a curtir as baladas de Guarulhos há uns três anos e que antes disso preferia lugares em São Paulo.  “Gosto de frequentar o Villa Velha Lounge; lá eu sempre encontro amigos, ou seja, nunca estou sozinha. Outra festa de que eu estou gostando muito, com uma pegada eletrônica é a Sunset House, mas não tem todo final de semana; é uma festa numa mansão com a vista bem bacana, sempre à tarde. Quando quero ir a um bar, gosto da Água Doce Cachaçaria, os pratos de lá são deliciosos e é um ambiente bacana pra reunir a galera e conversar. O que tem de mais legal na vida noturna de Guarulhos são os amigos que você faz. Hoje em dia só saio em galera e mesmo que eu chegue em algum lugar sozinha, sei que vou encontrar pelo menos meia dúzia de gente conhecida. A parte ruim é que ainda tenho a sensação que as pessoas daqui tendem a ter um certo preconceito com a cidade, assim como eu já tive. Acredito que as pessoas deveriam se permitir conhecer, curtir… A cidade tem muita coisa boa”, comenta.

Vale conhecer

Adega 33

O gastrobar, de visual moderno e requintado, é perfeito para uma happy hour ou para estender a noite com os amigos. O lugar tem programação musical especial todos os dias, com apresentações ao vivo e gêneros musicais diferenciados. Ronaldo Luiz Vilela Junior também destaca a arquitetura e decoração da casa, toda pensada para o bem-estar e conforto dos clientes. “O bar foi concebido para que todos vejam e sejam vistos. A ideia é que qualquer pessoa em qualquer ponto do bar consiga participar de tudo o que acontece dentro do ambiente e também na rua”, explica.
A Adega 33 abre de terça a sexta, das 17h até o último cliente; sábado, das 12h até o último cliente; domingo, das 15h até o último cliente.
Rua Tapajós, 120, Jardim Barbosa
N 3428-6294

Água Doce Cachaçaria

A Água Doce Cachaçaria – que em outubro completa 20 anos – é uma das casas mais tradicionais da cidade e desde sua inauguração só abre no período noturno. Apesar de o carro-chefe serem os mais de cem rótulos de cachaça de que o lugar dispõe, muitas outras razões, como a boa comida e o clima intimista, fazem com que o local lote de terça a sábado, com famílias, casais e grupos de amigos para curtir uma happy hour. No cardápio, além do clássico escondidinho, há outros pratos que também fazem sucesso entre os frequentadores, como a porção de frango ao bacon e o filé mignon suíno, com queijo coalho e molho picante de goiabada. Abre de terça a quinta, das 18h a 0h; sexta, das 17h30 à 1h; e sábado, das 19h à 1h.
Rua Tapajós, 222, Jardim Barbosa
N 2408-5659

Eleven Choperia

Aberto em 1998, durante o período de Copa do Mundo, o bar tornou-se característico por exibir transmissões de futebol e lutas do UFC. Especialista em chope Brahma, a casa também trabalha com linhas artesanais de cervejas nacionais. Frequentado por um público de vinte e poucos anos para cima, o Eleven é procurado por pessoas que gostam de estar entre amigos para bater um papo e fazer happy hour. Como carros-chefes, destaque para as porções de chapa mista com carnes variadas e o kibe cru. Constantemente fazem promoções que podem ser acompanhadas pelo Facebook. Horário de funcionamento: terça a sexta, das 16h30 até o último cliente; sábado e domingo, das 11h até o último cliente.
Rua Marajó, 19, Centro
N 2937-1071

Imperial Club

Aberta há quase um ano, de acordo com os administradores, a casa traz em seu DNA a proposta de trazer grandes atrações para Guarulhos. Tendo a produtora Play Eventos como responsável pela balada, além dos shows, o lugar destaca-se pela decoração luxuosa e os nove camarotes com atendimento personalizado. No palco da Imperial já passaram artistas como o MC Guimê e para a próxima semana está programa a vinda do Cacife Clandestino.
Av. Papa João XXIII, 542, Parque Renato Maia

King Club

A balada e também casa de shows abre todas as terças, quintas e sábados e uma vez por mês sedia a Enjoy, maior matinê da cidade que, segundo Kleber Bispo, produtor da casa, tornou-se referência por causa da organização. A matinê é dedicada exclusivamente ao público de 12 a 17 anos e nas festas não é comercializado nenhum tipo de bebida alcoólica. “Em duas sextas-feiras no mês, também fazemos shows com grandes artistas e para este ano já temos muitos shows agendados”, adianta o produtor.
Avenida Monteiro Lobato, 1.241, Macedo
N 4307-1750

Marechal

Com previsão de inaugurar neste mês, a casa ficará no lugar do antigo Bar do Camarão e promete ser uma choperia e botequim inspirado nos bares do Rio de Janeiro. De acordo com Dalton Horikava, um dos sócios, quem for ao Marechal poderá escolher no cardápio rótulos como chope Heineken e Amstel. “Também teremos long neck e garrafas de 600ml e trabalharemos com um cardápio vasto de bolinhos e pastéis. Nosso carro-chefe serão as chapas de picanhas importadas, com carnes uruguaia, argentina e australiana, e alguns cortes nobres como os bifes ancho e chorizzo”, explica Dalton. O bar terá música ao vivo e abrirá de terça a domingo, das 15h até o último cliente.
Rua Tapajós, 221, Jardim Barbosa

O Postinho

A primeira unidade do clássico restaurante também é uma boa opção para quem deseja dar uma esticadinha depois do trabalho e tomar uma cerveja geladinha. Além da bebida, a casa trabalha com lanches e pratos à la carte para o jantar. Funciona de domingo a quinta, das 9h a 0h, sexta e sábado, das 9h à 1h.
Av. Doutor Timóteo Penteado, 4.338, vila Galvão
N 2452-0256

Pizzaria Palla D’ouro (Videokê)

Se a ideia for fazer um programa diferente, que tal comer uma pizza e ainda encarar um videokê com os amigos ou com a família? O ambiente também é ideal para confraternizações e aniversários e às segundas-feiras o lugar pode ser locado para eventos no geral. Quem ler esta matéria da Revista Weekend e for conhecer a casa, ganha uma taça de vinho artesanal gratuita.
Rua José de Andrade, 1, Centro
N 2408-0754

Vila do Conde

Bem próxima ao lago dos Patos, a linguiçaria e cervejaria é um bom lugar para quem gosta de boa música e ambiente boêmio. Quem vai à casa pode reunir-se com os amigos e curtir a noite de forma mais tranquila. Os aperitivos da Vila do Conde também merecem menção: destaque para as porções de linguiça à parmegiana e a linguiça bragantina. No cardápio, há várias outras opções de linguiça, como a de provolone. A casa também produz hambúrgueres artesanais e conta com uma boa carta de cervejas, entre as quais destaca-se a Serramalte. Aos fins de semana, acontecem apresentações de música ao vivo (MPB e Pop Rock nacional e internacional). Funciona de terça a quinta, das 18h à
a 0h; às sextas, das 18h às 2h; aos sábados, das 12h ate as 2h; e aos domingos, das 16h às 23h.
Rua Francisco Conde, 724, vila Galvão.
N 2358-4098

Villa Velha Bar

O bar que está aberto há quase dois anos, já faz bastante sucesso entre os guarulhenses e, recentemente, inovou com o VV Lounge, uma balada em anexo ao Villa Velha, com som e iluminação de última geração em um espaço aconchegante. O Villa Velha Bar abre de terça a domingo, sempre com música ao vivo e com uma programação especial aos sábados, tendo, a partir das 13h, MPB no almoço; às 16h, samba com o Grupo Fino Trato e, às 21h, pop rock nacional e internacional. Aos domingos, rola sertanejo a partir das 17h. Já O VV Lounge abre às sextas, sábado e domingos.
Rua Tapajós, 2, Jardim Barbosa
N 4386-4246

Villa’s Bar

Para os apreciadores de um bom samba, o Villa’s é o local certo. Funciona de terça a domingo, a partir das 16h. Às quartas, sextas, sábados e domingos há música ao vivo; e às quartas e domingos são exibidas partidas de futebol nos telões. Serve porções e aos sábados tem o Projeto Firma do Samba, com várias atrações.
Av. Emílio Ribas, 390, Centro
N 2611-8191

Outros endereços

Kabala
Av. Paulo Faccini, 205, Centro
N 2229-1515

The Lord Black Irish Pub
Av. Tiradentes, 173, Centro
Tel.: 2408-8494

Sport Bar
Av. Paulo Faccini, 405, Macedo
N 2087-1950

Boteco Boa Vista
Rua Tapajós, 200, Jardim Barbosa

Choperia Schoppen Comida Alemã
Rua Rafael Balzani, 64 –
Centro (ao lado do Hotel Slaviero)
N 2447-2505

Boteco Asinha
Rua São Jorge, 156, vila São Jorge

Ab Kebab
Rua Tapajós, 266, Centro
N 4378 6982

Padaria Nova Guarulhos
Rua Albino Fantazini, 90
(esquina com Av. Guarulhos, alt. 1.320),
Vila Augusta
N 2422-7188

Churrascaria Solar dos Pampas
Avenida Antonio de Souza, 186, Centro
N 2443-4062

Temakeria & Cia
Rua Josephina Mandotti, 338, Jardim Maia
N 2937-1637

Vira-Latas Hamburgueria e Bar
Avenida Dr. Timóteo Penteado, 904, vila Progresso
N 2382-7032