A Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Transporte e Trânsito (STT) e em parceria com a Guarupass (Associação das Concessionárias de Transporte Urbano de Passageiros de Guarulhos e Região), lançou o CittaMobi. O aplicativo para smartphones informa as linhas disponíveis e a previsão de chegada e partida dos ônibus de todas as linhas municipais da cidade.

Como funciona?

Baixe o aplicativo na App Store (IOS) ou Google Play (Android), você terá a opção de criar um cadastro através do Facebook ou Google+.

Na aba mapa, pesquise o ponto em que você deseja consultar as previsões. Clique no símbolo azul do coletivo. O aplicativo lista as linhas que passam no local com a estimativa de tempo para a chegada. Ao clicar na linha é possível ver em que rua o coletivo encontra-se.

O aplicativo permite cadastrar os pontos e linhas favoritas (marcar a estrela), assim como o local em que você mora e trabalha, para facilitar na hora da consulta.

As cores das previsões tem os seguintes significados:

  • Verde – Informação atualizada sobre a posição do ônibus
  • Cinza – A última informação do veículo foi recebida a mais de 5 minutos. Neste caso continuamos decrescendo o tempo para tentar prever a chegada

O aplicativo permite ainda que você reporte informações como atraso, veículo não parou, itinerário errado e previsões erradas. É possível avaliar o ponto (localização, limpeza, lotação, segurança) e o próprio coletivo(limpeza, lotação e avaliação do motorista).

Testamos

Por volta das 10h desta quinta-feira, 31, a Reportagem testou a ferramenta em alguns pontos da região central. Os coletivos chegaram no tempo em que a ferramenta apontava.

Opinião

Guarulhos demorou para receber essa ferramenta que facilitará muito a vida dos munícipes, mas chegou.

A interface é bonita e a navegação sugestiva. Dificilmente, o usuário encontrará dificuldades em manusear a ferramenta. Com as avaliações, é possível que as empresas mensurem a qualidade dos serviços prestados e do próprio motorista, facilitando as denúncias dos usuários. Resta saber se terá eficácia.