Por Cris Marques
Fotos Divulgação

Para quem ama cozinhar, a internet é um prato cheio: além dos inúmeros sites de receitas, indicações de ingredientes novos e/ou especiais e dicas para deixar tudo mais saboroso, é possível acompanhar, por meio de vídeos, o preparo de muitas delícias, de forma fácil e prática. E se a união de imagem e áudio facilita na hora de entender o modo de fazer, o canal Chef Cenoura foi ainda mais longe, com produções em português e Libras (Língua Brasileira de Sinais).
“Somos vegetarianos há 15 anos e muita gente nos perguntava se só comíamos salada. Isso motivou a criação do blog, em 2014. Mais pra frente, recebemos uma proposta do fotógrafo Lucas Costa para filmar nossas receitas, mas não topamos. Porém, quase um ano depois, tivemos a ideia da cozinha inclusiva e logo pensamos nele. Lucas topou a parceria e começamos em novembro de 2015”, explica Débora Pereira Claudio Dable, intérprete e professora de libras, que figura na frente das câmeras ao lado do marido Felipe Figueras Dable, psicólogo clínico e professor universitário, e do cãozinho Bart, que sempre dá um jeito de aparecer e é queridinho dos seguidores e inscritos.
Para ela, que nasceu em uma família bilíngue, a linguagem de sinais sempre foi algo muito natural. “Minha irmã mais velha, Janaína, é surda e foi com ela e por ela que ingressamos em um mundo visual. Aprendi libras como primeira língua e comecei a atuar como intérprete em casa. Ao pensarmos neste formato, a primeira pessoa que fomos consultar foi ela. Precisávamos saber se isso seria útil. A resposta foi, claramente, um sim”.
Pioneiros na iniciativa, Débora conta que o projeto é desafiador, pois não existe referência e é necessário criar soluções para os problemas que surgem, sem contar que exige bastante dos três profissionais, mas a gratidão e carinho recebidos são contagiantes e motivadores. “Podemos nos considerar privilegiados por trabalhar em algo que nos faz tão bem. É lindo receber, diariamente, mensagens de surdos, de seus amigos e parentes, estudantes de Libras e de pessoas que nos apoiam. Uma que nos marcou muito foi dos pais de uma menina surda de dois aninhos. Eles receberam a recomendação do fonoaudiólogo para aprender libras e estão fazendo aulas semanalmente. Além disso, reúnem-se para fazer as receitas do Chef Cenoura e aprender novos sinais”.

Eles já receberam panos de prato, aventais, toalhas e cerâmicas de algumas empresas, mas esperam contar com patrocínio e mais parcerias, para manter o canal, que tem alto custo de produção, e crescer. “Esperamos que esse clima descontraído que buscamos ter chegue às casas onde moram surdos, muitas vezes com uma família toda de ouvintes. A inclusão pode, sim, ser leve e gerar lindos aprendizados a todos”, finaliza.

Youtube: Chef Cenoura
www.chefcenoura.com.br
www.facebook.com/cozinharedaramor
www.instagram.com/chefcenoura