Serviço SOS Racismo tem início em Guarulhos

Começa a funcionar nesta terça-feira, dia 24, às 15 horas, o serviço SOS Racismo na cidade, que atuará no acolhimento às vítimas de discriminação étnico-racial, religiosa ou intolerância correlata (aquela dirigida a nordestinos, por exemplo), orientar, prestar atendimento social e psicológico à vítima e providenciar o encaminhamento jurídico.

Ao todo, sete funcionários estarão na linha de frente do serviço de combate à discriminação racial, entre os quais atendentes, assistentes sociais e psicólogos. Os atendimentos serão realizados no Centro de Referência da Cultura Negra e Igualdade Racial – Xikelela, na av. Doutor Timóteo Penteado, 4114 – vila Galvão, de segundas a sextas-feiras, das 8h às 17h.

“O SOS Racismo está respaldado na Lei n°7309, de 10 de setembro de 2014, e é uma ferramenta fundamental para o enfrentamento do racismo, discriminação religiosa e da intolerância, ao mesmo tempo que acolhe às vítimas”, afirma a coordenadora da Igualdade Racial, Edna Roland.

O SOS Racismo de Guarulhos é o segundo serviço com essa finalidade criado no Estado de São Paulo, demarcando o pioneirismo da cidade na implementação das políticas de igualdade racial.

A inauguração do serviço contará com apresentação cultural da Banda Ivans e da cantora Cellia Nascimento, que apresentará canções como o “Hino a África do Sul”, “Canto das Três Raças”, “Zumbi”, entre outras.

As pessoas poderão acessar o SOS Racismo por meio do telefone 2402-1000, pelo e-mail sosracismo@guarulhos.so.gov.br , ou ainda pessoalmente, no Centro de Referência da Cultura Negra e Igualdade Racial – Xikelela.

Serviço
Inauguração do SOS Racismo
Local: Centro de Referência da Cultura Negra e Igualdade Racial – Xikelela – Av. Doutor Timóteo Penteado, 4114 – Vila Galvão, Guarulhos
Horário: 15h