Segundo dados divulgados pelo governo estadual, através do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga-SP), foram contabilizadas 71 mortes no primeiro de 2016 em Guarulhos. Mesmo sendo menor que de 2015, ano em que o município teve 91 óbitos, o número que coloca a cidade em estado de alerta.

Com isso Guarulhos figura na terceira posição do estado dentre os municípios que mais registraram mortes no trânsito, atrás da capital, que contabilizou no primeiro semestre 476 óbitos; e Campinas, com 89 mortes.

Além disso, Guarulhos acompanhou a tendência do estado onde o número de óbitos decorrentes de acidentes de trânsito teve queda de 8% no primeiro semestre de 2016, em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com o Infosiga, o Estado apresentou 2.861 mortes nos seis primeiros meses deste ano, contra 3.094 em igual período de 2015. Foram 233 óbitos a menos.

O Infosiga-SP é um relatório que traz informações mensais sobre acidentes e óbitos em consequência de ocorrências no trânsito, em todo o Estado. O documento apresenta dados do gênero, faixa etária, perfil da vítima e tipos de acidentes. Do total de óbitos de acidentes de trânsito ocorridos em junho de 2016, por exemplo, 80% envolveram pessoas do sexo masculino, 27% eram jovens de 18 a 29 anos e 67% foram provocados por colisões e atropelamentos. Os dados deste mês indicam que pedestres (31%) e motociclistas (27%) foram a maior parte das vítimas.