Ação da FPF leva crianças com Síndrome de Down às quartas de final

 

Em celebração e respeito ao Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado em 21 de março, a Federação Paulista de Futebol promoverá ação de inclusão de pessoas com Síndrome de Down nas quartas de final do Paulistão Itaipava 2018.

A iniciativa da FPF, em parceria com o Instituto Olga Kos, está levando 4 crianças para entrar em campo com a equipe de arbitragem. A ação acontece em dois jogos desta fase do Paulistão Itaipava: quarta-feira (21), em Palmeiras x Novorizontino e Santos x Botafogo.

O objetivo é a conscientização sobre a importância da luta pelos direitos igualitários e a inclusão das pessoas com deficiência intelectual na sociedade.

“O futebol é um importante meio para conscientização de causas relevantes da sociedade. É um orgulho para a FPF estar à frente de uma iniciativa como essa, de inclusão das pessoas com Síndrome de Down”, afirma o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos.

Sobre o Instituto Olga Kos

Fundado em 2007, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK) é uma associação sem fins econômicos, que desenvolve projetos artísticos e esportivos, aprovados em leis de incentivo fiscal, para atender, prioritariamente, crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual.