Polícia Civil detém homem com documentos e cédulas falsas na Vila Barros

Também foram apreendidos notebooks e impressoras que seriam usados para praticar a falsificação - Foto: Polícia Civil
 

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Investigações sobre o Meio Ambiente de Guarulhos prenderam um jovem, de 21 anos, que foi flagrado com diversas moedas e documentos falsos. O caso aconteceu nesta quarta-feira, 31, no bairro Vila Barros.

Os policiais receberam denúncia da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (Depa) a respeito de maus-tratos a um cão. No referido local, uma casa na rua Luís Wade Piccinini, foi verificado que o animal estava em boas condições de saúde, porém duas aves estavam sem a documentação necessária.

Em continuidade às diligências, a equipe localizou 77 documentos diversos, 15 cartões bancários, seis impressoras, dois notebooks, 93 folhas impressas com notas de R$ 20, bem como oito máquinas para realizar transações bancárias e sete celulares.

Questionado sobre os objetos encontrados, o suspeito contou aos policiais que os equipamentos pertenciam a um amigo que tinha conhecido pela internet. Ainda segundo o rapaz, o colega ficou hospedado em sua casa por alguns dias e ofereceu dinheiro para que guardasse os objetos utilizados na prática ilícita.

O material e as aves foram apreendidos, sendo requisitado exames ao Instituto de Criminalística. O jovem foi detido e autuado por falsificação de documento público e moeda falsa, permanecendo à disposição da Justiça.

A Polícia Civil prossegue com as investigações para identificar e prender outros envolvidos.