Modelos do 3º Desfile Inclusivo ganham Dia da Alegria no Internacional Shopping

Os participantes do 3º Desfile Inclusivo foram agraciados pela ação Dia da Alegria, oferecida pelo Internacional Shopping nesta quarta-feira (4). Na oportunidade, os modelos e seus acompanhantes desfrutaram de cortesias oferecidas pelos parceiros do projeto em uma tarde de alegria e integração.

Pessoas com deficiência física, auditiva, visual, intelectual e múltiplas se divertiram nos mais variados brinquedos do parque do shopping. Em grupo ou individualmente, as atividades foram vivenciadas pela primeira vez por muitos deles.

Deficiente visual há três anos, Magda Machado, 43 anos, resume o Dia da Alegria como uma troca de empatia na qual as pessoas se colocam no lugar do outro. “Tive a experiência de um passeio com uma menina com deficiência auditiva. Fomos a brinquedos em que ela me conduziu e eu a ajudei. Seria muito bom se todo mundo fosse assim. Agradeço muito à Prefeitura e a todos os envolvidos neste projeto, que conseguiram dar às pessoas que não têm acesso a esse tipo de diversão a oportunidade de participarem. O carrinho de bate-bate foi muito divertido. Os profissionais do (parque) Neo Geo foram atenciosos. Senti-me acolhida junto com minha filha”, afirmou Magda.

Magda Machado resume o Dia da Alegria: “uma troca em que um se coloca no lugar do outro” – Foto: Divulgação

O 3º Desfile Inclusivo ocorrerá no dia 28 deste mês, às 14h, no Internacional Shopping, em comemoração ao dia de luta da pessoa com deficiência. O evento será organizado pela Prefeitura de Guarulhos por meio da subsecretaria de Acessibilidade e Inclusão.

O secretário de Direitos Humanos, Lameh Smeili, parabenizou os parceiros do desfile por proporcionar uma ação com momentos tão especiais aos modelos. “Certamente foi um dia inesquecível para eles. Esperamos todos no 3º Desfile Inclusivo”, afirmou.

Para o subsecretário de Acessibilidade e Inclusão, Toninho Messias, oportunidades como essa merecem destaque por se tratar de uma experiência desafiadora para os deficientes. “Dirigir um carrinho de bate-bate para uma pessoa com deficiência visual, que não pode mais dirigir, é um exemplo dessa experiência”, ressaltou.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos