Briga de alunos termina em morte na EE Bom Pastor II

Fachada da EE Bom Pastor II, na av. Palmira Rossi - Foto: Goolge

Uma briga entre dois alunos da Escola Estadual Bom Pastor II, na av. Palmira Rossi, no limite entre os bairros do Cabuçu e Recreio São Jorge, acabou em morte, na tarde desta terça-feira, 24. Um jovem, em luta corporal com um colega adolescente, se desequilibrou, caiu e bateu a cabeça na guia. Segundo testemunhas o impacto foi tão forte que, apesar de ter sido socorrido e levado a uma unidade de pronto atendimento na região, o aluno não resistiu e morreu. Ele teria passado mal logo após a briga.

Kauan William dos Santos tinha completado 18 anos há cinco dias. Ele era estudante no 3º ano do Ensino Médio na EE Bom Pastor II, no período noturno. O corpo dele foi enterrado na manhã desta quarta (25) na Necrópole do Campo Santo, na Vila Rio de Janeiro.

Num primeiro momento a polícia havia informado que o jovem morreu em decorrência do espancamento. No entanto, no boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil consta que ele teve um infarto agudo do miocárdio, “provavelmente provocado por uma intoxicação exógena (interação de um ou mais agentes tóxicos com o sistema biológico)”. Porém somente a perícia poderá determinar a causa da morte. O laudo fica pronto em até 30 dias.

A Secretaria Estadual da Educação apontou que dois agentes de organização escolar chegaram a intervir na briga, chamaram os responsáveis e o socorro médico.

O caso está sendo investigado pelo 9° DP de Guarulhos e o motivo do desentendimento ainda é desconhecido. A Secretaria da Segurança Pública informou que o adolescente de 17 anos envolvido na briga foi ouvido e liberado em seguida. “Face à complexidade que o fato requer, será expedida as requisições periciais necessárias a cabal elucidação do fato”, concluiu o boletim de ocorrências.

*Texto atualizado com novas informações na tarde desta quarta-feira, 25