PF, Receita e Polícia Civil apreendem quase 20 kg de cocaína e medicamentos

Nigeriano confessou ter engolido 87 cápsulas contendo cocaína, pesando um quilo e meio de droga - Foto: Divulgação PF

A Polícia Federal (PF) no Aeroporto Internacional de Guarulhos apreendeu, em ação conjunta com a Receita Federal e a Polícia Civil, quase 20 quilos de cocaína escondida com passageiros e dentro de encomendas aéreas, entre os dias 8 e 13.

Dentro de uma encomenda aérea destinada às Ilhas Seychelles, servidores da Receita Federal encontraram quase 1 Kg de cocaína oculta em frascos de cosméticos. Neste mesmo dia 8 um casal de chilenos foi detido por tentar introduzir em território nacional 65 frascos de medicamentos e anabolizantes sem autorização legal.

No fim da noite de quinta-feira (10) e início da madrugada da sexta (11), equipes da PF, Receita e Polícia Civil apreenderam mais de 14 Kg de cocaína com passageiros. A droga, que estava escondida em fundos falsos de bagagem e sob as roupas de passageiros, tinha como destino países da África e Europa. Foram presos um sueco, um brasileiro e uma mulher sul-africana.

Na sexta-feira (11), também foram apreendidos 52 volumes, contendo quase três quilos de cocaína. Eles foram encontrados ocultos dentro de tecidos que estavam numa mala pertencente a uma brasileira, que pretendia embarcar para Zurique, na Suíça.

Um homem, nacional da Nigéria, portador de Registro Nacional de estrangeiro, foi entrevistado por policiais federais neste domingo (13) e confessou ter engolido cápsulas contendo cocaína. Devido ao risco de morte, o suspeito foi conduzido a um hospital público, onde expeliu a droga ingerida: 87 cápsulas, cujo peso somou um quilo e meio. O destino da droga era a cidade de Lagos, na Nigéria.

*Com informações da Comunicação Social da Delegacia Especial no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos