Eniac é vencedor no concurso ‘Boulevard Calçadão em Guarulhos’

Estudantes de arquitetura conquistaram 1º e 2º lugar e mais três menções honrosas no concurso de ideias que elegeu o melhor projeto de revitalização do Calçadão de Guarulhos - Foto: Divulgação

O Centro Universitário Eniac conquistou no dia 30 de outubro o 1º e 2º lugar, além de três menções honrosas, pelos projetos de Arquitetura e Urbanismo desenvolvidos e apresentados para o concurso da Prefeitura: “Boulevard Calçadão em Guarulhos”, competição voltada a estudantes e recém-formados em arquitetura e urbanismo.

“A arquitetura possui essa característica de desenvolver competições de projetos no mundo todo, e essa é uma modalidade que possibilita que arquitetos do mundo inteiro tenham a chance de se destacar no universo da arquitetura e do urbanismo, e colocar nossos alunos desde sua vida acadêmica neste caminho faz com que eles se aproximem cada vez mais da atuação profissional do arquiteto e urbanista, e tenham grande engajamento profissional”, comenta Prof. Me Carlos Guerra coordenador da escola de construção.

Os trabalhos apresentados foram resultados do módulo de arquitetura patrimonial, que faz parte do curso de arquitetura e urbanismo, escolheu como tema a revitalização de uma área com características e valores históricos, arquitetônicos e culturais. A proposta do concurso de projetos consistia em preservar a memória da Igreja Nossa Senhora dos Homens Pretos, símbolo histórico do Calçadão de Guarulhos, demolida na década de 1930, e propor uma revitalização que marcasse a sua importância para a cidade, e esse assunto vinha de encontro com o assunto proposto no módulo.

“Projetos como esse reforçam nosso compromisso com a inovação e com bem-estar social, uma vez que a nossa intenção é buscar parcerias para valorizar a importância histórica do Calçadão e oferecer maior visibilidade para a preservação da cidade e de seus valores”, ressalta Ruy Guérios, mantenedor do Centro Universitário Eniac.

Após ser demolida, a única lembrança que restou da Igreja foi um imenso quadrado preto no chão, que não fazia nenhuma referência ao fato – onde hoje se encontra a Catedral Metropolitana de Guarulhos. Pensando nisso, o primeiro passo do projeto foi buscar um equipamento urbano que lembrasse o marco histórico e preservasse a memória da Igreja, respeitando o círculo envoltório da Catedral, tombado pelo Patrimônio Histórico.

O projeto, concluído em pouco menos de dois meses, implementou o Marco Zero com a palavra Guarulhos, onde as pessoas podem interagir com as letras e com o monumento. A ideia promoveu a criação de uma identidade para a cidade, no intuito de contemplar a revitalização do calçadão central com desenho urbano, paisagismo, áreas cobertas, luminárias, quiosques para venda de lanches, bebedouros – inclusive para cães – lixeiras e outros serviços públicos.

Outro fator a ser destacado foi a acessibilidade, priorizada do início ao fim do projeto para oferecer maior conforto e lazer para todo o público. Os projetos participantes terão seus trabalhos apresentados em uma exposição que ocorrerá no Centro Municipal de Educação Adamastor 23/11/19.

Sobre o Eniac
Fundado em 1985 como escola técnica, ao oferecer cursos na área de microinformática, o Eniac é uma instituição de ensino que tem como premissa utilizar a inovação tecnológica a serviço da aprendizagem. Atua na educação básica e ensino técnico profissionalizante, passando pelo ensino médio integrado ao técnico. Desde 2002 atua no ensino superior, quando fundou a Faculdade Eniac, que proporciona aos alunos aprendizado dinâmico, independente e adaptado à realidade contemporânea. Em 2016 foi reconhecida pelo MEC como Centro Universitário.

O Grupo Eniac tem como missão educar e formar cidadãos para obter sucesso na vida, sendo competentes no mercado de trabalho e responsáveis com o meio ambiente. Recentemente, firmou parceria e se tornou case da Google e da Amazon Web Services (AWS), consolidando-se como uma referência em tecnologia e inovação na educação básica e superior no Brasil. Em seu campus, localizado na cidade de Guarulhos (SP), trabalham cerca de 450 colaboradores, entre docentes e profissionais responsáveis por questões administrativas.