São Paulo tem programação especial no Dia da Consciência Negra

Ativistas e grupos culturais comemoram o Dia da Consciência Negra jogando capoeira - Foto: Fernando Frazão/ABr

Encontro Nacional de Capoeira acontece no Memorial da América Latina para celebrar o Dia da Consciência Negra, neste 20 de novembro. O grande encontro “Um Gesto de Liberdade”, reúne todas as correntes da capoeira do Brasil para realização de rodas, homenagens, exposição e feira gastronômica, além de shows com as cantoras Paula Lima e Carolina Soares. A entrada é gratuita.

Desde 11h e ate as 13h a Praça Cívica do memorial será ocupada por grandes rodas de capoeira de todos os estilos: Regional, Angola e Contemporânea. Após essa grande roda, Mestre Natanael conduz um canto de despedida, que ocorre tradicionalmente ao final das rodas de capoeira. Ele participou da fundação de uma das primeiras escolas de capoeira de São Paulo, a Associação de Capoeira Quilombo dos Palmares.

Às 14h, o público poderá ouvir a voz feminina da capoeira, Carolina Soares, que lançou seis álbuns com músicas do universo capoeirista. O encerramento será da cantora Paula Lima, à 15h30, com o show Mil Estrelas. A feira gastronômica e de artesanato afro-brasileira, que também ocorre no local, traz no cardápio pratos como acarajé e vatapá e produtos de empreendedores negros.

Praça da República

A segunda edição da Empreenda Afro, feira de empreendedorismo negro que promove a geração de renda de empreendedores artesanais e comerciantes de comida de rua da capital paulista, acontece nesta quarta-feira (20). O evento, promovido pela prefeitura, ocorre até as 22h, na Praça da República.

“No segundo trimestre de 2019, a taxa de desocupação de negros foi superior ao número de não negros que estavam empregados. Isso faz com que as pessoas procurem novas maneiras de gerar renda e o empreendedorismo, muitas vezes, acaba sendo a válvula de escape”, disse a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso. Segundo ela, o setor é uma importante fonte de geração de renda para a população paulistana e uma parcela significativa dessas pessoas vive da produção e venda de artigos artesanais.

Há também um palco onde se apresentam Jorge Ben Jor (20h), a rapper Drik Barbosa acompanhada dos DJs KL Jay e Nyack (17h) e o Bloco Afirmativo Ilu Inã (14h), com a participação da cantora Tássia Reis e de Melvin Santhana.

*Com informações da Agência Brasil