Coluna do Carleto – 18.12.2019

Estátua em homenagem ao piloto de fórmula 1 Ayrton Senna, na rodovia de mesmo nome - Foto: Alexandre de Paulo

Estátua de Ayrton Senna faz sucesso

A inauguração da estátua em homenagem a Ayrton Senna da Silva, ontem, no Parque Ecológico, está sendo assunto nos principais veículos de comunicação. No Click Guarulhos, foi a notícia mais lida desta quarta-feira (18).

Polêmica sobre a estátua

Embora todos concordem que é uma homenagem mais do que merecida, e que o Parque, às margens da rodovia que leva o nome do imortal piloto, é um local adequado, um efeito colateral que tem sido visto – e criticado – é que motoristas que trafegam por ali reduzem a velocidade para tirar fotos e isso está causando lentidão no trânsito e pode provocar acidentes. O monumento está na pista sentido de São Paulo. O ideal é que quem pretenda fazer imagens saia da rodovia no acesso à Ponte Grande e retorne pela Via Parque, para chegar perto da estátua.

Mau exemplo

Repercutiu bastante a notícia que publiquei no sábado, sobre os cadernos destruídos por alunos da Escola Estadual Prof. Frederico Barros Brotero, da Vila Progresso. Como que comemorando terem se livrado das aulas, eles arrancam as folhas e as jogam na calçada, no entorno da escola. Resultado: além de sujar a rua, vem a chuva e leva os papéis para o bueiro. Quase todos os comentários condenaram a atitude. Apenas uma jovem, buscando justificar o péssimo hábito, disse acreditar que todos que estavam criticando faziam o mesmo quando eram adolescentes. Minutos depois, arrependeu-se a excluiu o infeliz comentário.

Bom exemplo

Moradores da Vila Sorocabana, além de assumir funções do poder público, doando horas diárias de serviço para manter a praça do bairro, na região da Vila Augusta, inovaram para montar uma árvore de Natal com materiais recicláveis. Resultado: uma doce sensação de ver o belo trabalho pronto e, ainda, um exemplo a ser compartilhado e copiado por toda a cidade. Não custa nada e todos ganham.

Alvo escolhido

Pela enxurrada de críticas que constaram nos comentários à notícia de que o PT escolheu o ex-prefeito Elói Pietá para ser o candidato do partido à Prefeitura em 2020, fica visível que tanto os adeptos do prefeito Guti quanto os da prefeiturável Fran Corrêa escolheram o petista como alvo predileto em eventual segundo turno.

75 anos de Vrejhi Sanazar

Estive em Araçariguama no domingo, comemorando com o amigo Vrejhi Sanazar seus 75 anos, do quais 50 dedicados à Imprensa na região de Osasco. O evento foi abrilhantado pela Orquestra Ray Conniff Tribute e por apresentações de tango e dança do ventre. Quem ganhou o primeiro pedaço do bolo foi o ex-prefeito Francisco Rossi.

Prognóstico

Um advogado de Jundiaí, com quem estive no evento, me disse que teve acesso a uma pesquisa eleitoral de uma determinada cidade, na qual um ex-prefeito venceria no primeiro turno se estivesse em outro partido, mas, ficando no mesmo, perderia no segundo turno qualquer que seja o outro candidato.

Passando a bola

Na opinião de um experiente articulador político e atento observador da cena eleitoral guarulhense, no frigir dos ovos quem disputará a Prefeitura, pela coligação entre tucanos e democratas, será o deputado federal Eli Corrêa Filho e não sua esposa. A não ser que até o momento decisivo o nome dela seja mais conhecido e apareça melhor nas pesquisas internas.

Perguntar não ofende

1) Até chegar o período eleitoral, será positivo ou negativo o (a) candidato (a) ter o apoio do presidente Jair Bolsonaro?; 2) considerando que o PSL nacional está em atrito com Bolsonaro, Adriana Afonso ficará no partido ou bandeará para o partido de grosso calibre que o presidente quer montar?; 3) Ligado ao general Mourão, o pré-candidato Rodrigo Tavares focará em temas locais na campanha ou procurará colar sua imagem à do vice-presidente?