Vereador de Itaquá doará metade do salário para ação social

 

É inegável o impacto da crise do coronavírus (covid-19) na vida dos moradores de todo o Brasil, e também na vizinha cidade de Itaquaquecetuba. Comércios fechados, empresas com atividades paralisadas e toda uma economia em inerte. Resultado: muitos pais e mães de família enfrentando problemas financeiros e, até mesmo, sem comida na mesa.

Sensibilizado com essa situação, o vereador de Itaquaquecetuba Armando Neto (Avante) decidiu nesta terça-feira (31) que doará metade do seu salário para que uma paróquia da cidade leve ajuda às famílias necessitadas. A medida será adotada até que o comércio e os trabalhadores possam retornar às suas atividades normais.

A ideia do vereador é que a instituição religiosa escolhida adquira com os dividendos álcool em gel e cestas básicas. Posteriormente os itens serão distribuídos para famílias carentes e pessoas que, em função da quarentena, estejam em extremas dificuldades financeiras.

A iniciativa de doar parte do salário surgiu depois que o vereador constatou que milhões de trabalhadores do País estariam sobrevivendo nos próximos meses com menos da metade do que ganhavam até pouco tempo atrás. “Foi uma medida tomada com sensibilidade. Pois, se muitos brasileiros vão receber metade do salário neste momento, ou até menos, porque eu também não poderia fazer um esforço e ganhar menos?”, questiona o vereador Armando Neto.

Neto doará metade do seu salário-líquido – descontado tributos, taxas e benefícios – para a Paróquia Cristo Redentor. Atualmente, cada vereador da cidade recebe pouco mais de R$ 12 mil. Ele reconhece que a doação não é milionária, mas é um ato que pode ajudar dezenas de famílias. “O dinheiro, que não é nenhuma fortuna, poderá levar um pouco de comida na casa de quem mais necessita”, explica.

A entidade escolhida se deu por proximidade e intimidade com suas ações sociais. Segundo o vereador, a Paróquia Cristo Redentor, no Jardim Caiuby, conduzida pelo padre Wally Soares Silva, é reconhecida em toda a cidade por seus trabalhos sociais. “O padre Wally já faz um lindo trabalho levando fé e ‘pão’ para quem mais precisa. Acredito que este pequeno gesto da minha parte pode ajudá-lo a ampliar ainda mais suas ações sociais”, declara. 

Colaborar em Itaquá

O vereador espera que a ação gere uma corrente do bem em Itaquá e com isto doações em dinheiro ou de itens de limpeza, álcool em gel ou alimentos sejam feitas por quem tiver condições às outras igrejas da cidade, ONGs, associações de bairro ou pessoas que já tenham trabalhos sociais na cidade. Quem quiser fazer doações para a Paróquia Cristo Redentor deve executar um depósito no Banco do Brasil,  Agência 294-1, Conta Corrente 147127-9, pessoalmente na Rua Jaqueiras, 9,  Vila Itaquassu, Itaquaquecetuba ou pode se informar de outras formas de contribuição pelo telefone: (11) 4648-6343. 

Exemplo para outras cidades

A ideia do vereador de Itaquá pode servir de estímulo para que vereadores de outras cidades façam o mesmo, escolhendo cada um a instituição que entender que mereça sua contribuição.