Prefeito em Goiás reduz metade do salário dele, do vice, secretários e comissionados

 

O prefeito de Caldas Novas (GO), Evandro Magal (Progressistas), decidiu cortar pela metade o salário dele mesmo, além de reduzir também em 50% a remuneração do vice-prefeito, dos secretários municipais e dos comissionados.

No vídeo divulgado em redes sociais, o prefeito disse: “O exemplo tem que vir de cima. Não adianta exigir sacrifício dos pequenos, dos empresários, do comerciante. É preciso que o Poder Público dê o exemplo. Eu assinei o decreto cortando o meu salário, do vice-prefeito, dos secretários, dos agentes políticos em 50%”, comentou.

Ele também enviou para a Câmara um projeto reduzindo o salário dos comissionados em 50% e também 50% da gratificação dos servidores efetivos.

O prefeito justifica que, com essa economia, a Prefeitura terá dinheiro para pagar a folha de abril, manter a cidade funcionando e, assim, não faltará recursos para as despesas básicas, as essenciais e para o enfrentamento ao coronavírus.