Segunda-feira, 25, é feriado estadual, mas bancos abrirão

 

A Assembleia Legislativa de São Paulo) aprovou na madrugada da sexta-feira (22) o Projeto de Lei 351/2020, do governador João Doria (PSDB), que antecipa o feriado da Revolução Constitucionalista de 1932, comemorado normalmente em 9 de julho, para a segunda-feira (25). Foi mais uma tentativa do governo estadual de reduzir o movimento de pessoas nas ruas e no transporte coletivo, visando impedir o rápido crescimento da contaminação pela covid-19.

Como o feriado de segunda-feira, 25/5, é estadual, vale também em Guarulhos.

Bancos abrirão na segunda-feira

Embora tenha sido aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo governador, a antecipação do feriado de 9 de julho para 25 de maio não será seguida pelos bancos. A Febraban (Federação dos Bancos Brasileiros) informou que as instituições financeiras vão manter as agências abertas no dia 25 de maio, para assegurar a prestação dos serviços bancários essenciais à população, inclusive, o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600,00, que começou a ser feito na sexta-feira.

O funcionamento das agências será em horário reduzido: das 10h às 14h.

O Sindicato dos Bancários cobra o pagamento de horas extras, por entender que o feriado teria de ser obedecido.

Com a abertura dos bancos, as contas das concessionárias de energia e de água, os tributos municipais, estaduais e federais que vencem no dia 25/5 precisarão ser pagos, bem como os boletos de empresas. A Secretaria Nacional do Consumidor declarou que não há normativos para prorrogar os vencimentos. Isso deve criar uma discussão jurídica imensa, pois as empresas que estiverem cumprindo o feriado não terão pessoal para proceder a esses pagamentos.