Três jovens morrem em acidentes consecutivos em Mauá

 

O site Último Segundo, do IG, informa que houve três acidentes consecutivos, na avenida Oscar Niemeyer, em Mauá, perto do Rodonael, onde o limite de velocidade é de 70 km/h.

De acordo com a Polícia Militar (PM), as três pessoas que morreram estavam em um Chevrolet Astra, que bateu na parte traseira de um caminhão. Mais dois ocupantes do automóvel ficaram feridos.

As outras três pessoas machucadas estavam em outros veículos e foram socorridas e levadas para o Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini.

delegacia de Mauá, onde o caso foi registrado, irá apurar as causas e responsabilidades pelo acidente. O trecho onde ocorreu o acidente na avenida ficou bloqueado durante a manhã deste domingo (5) para o trabalho da perícia da Polícia Técnico-Científica.

Entenda como foi a sequência de acidentes

primeiro acidente aconteceu por volta das 5h30. Testemunhas dizem que no momento das colisões, a pista estava sem iluminação e com neblina e que três carros bateram por causa da pouca visibilidade.

No segundo acidente, dois automóveis que vinham atrás tentaram parar para não colidir com os três carros que haviam batido, mas os dois veículos acabaram batendo um no outro. 

Depois, um caminhão parou antes para não bater nos veículos que colidiram à sua frente, mas o carro que seguia atrás dele não conseguiu frear e bateu na sua traseira, gerando o terceiro acidente, causou a morte dos três ocupantes: dois rapazes e uma jovem.

Familiares das vítimas disseram que eram os amigos Luan Esli dos Santos, de 28 anos, e Kauan Leonardo, de 20. A jovem que também faleceu é uma adolescente de 16 anos, mas não teve o nome divulgado. Eles moravam em Ribeirão Pires, na região metropolitana de São Paulo.

Os bombeiros tiveram que usar alicate elétrico para cortar o carro e retirar as vítimas.

Fonte: undefined – iG @ https://ultimosegundo.ig.com.br/2020-07-05/sequencia-de-acidentes-com-7-veiculos-deixa-tres-mortos-na-grande-sao-paulo.html?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification

foto: Corpo de Bombeiros/reprodução do IG