Posto na Mooca é fechado por adulterar combustível

 

A Polícia Civil fechou, nesta terça-feira (28), um posto na rua Taquari, no bairro da Mooca, na zona Leste da cidade de São Paulo, onde foi identificada adulteração de combustíveis.

Na noite de segunda-feira, agentes do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) comparecem no local para apurar uma denúncia e, no momento em que dois caminhões tanques se preparavam para descarregar, fizeram a abordagem.

Equipes do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) foram acionadas para realizar as diligências e auxiliaram na apreensão de petrechos que seriam utilizados para mistura e bombeamento de combustíveis, além de dois veículos, um deles por suspeita de ter em seu reservatório combustível adulterado.

Em prosseguimento às diligências, os policiais retornaram na terça-feira até o posto, devidamente acompanhadas pela Equipe de Fiscalização da Agência Nacional de Petróleo (ANP) e pela Equipe de Fiscalização da Secretaria da Fazenda, que constataram inúmeras irregularidades no local.

Foi verificada a utilização de reservatório oculto destinado a fraudar a fiscalização dos tanques de combustível, reservatórios lacrados com cadeados como se estivessem fora de utilização, destinados a receber combustível adulterado, além de combustível fora das especificações. 

Foram apreendidos ainda diversos documentos no local que apontariam a ligação daquele estabelecimento com outros postos de combustíveis, além de documentos fiscais para verificação da procedência dos combustíveis comercializados.

As bombas foram lacradas por profissionais da ANP e a Polícia Civil prossegue com as investigações, inclusive para identificação do responsável pelo estabelecimento.

fonte: Assessoria de Imprensa da Secretaria de Segurança Pública