Faculdades Guarulhos promovem “live” com roda de conversa sobre Home Office

 

As Faculdades Guarulhos promoverão, na terça-feira, dia 13, a partir das 19h30, “live” sobre “O Home Office e os Paradigmas da Produtividade na Qualidade de Vida“. A transmissão será pelo YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC99Urn9Uei13_GXdy-OukHw

A proposta da live é uma discussão, através de uma roda de conversa, sobre o home office e seus efeitos sobre a produtividade e a qualidade de vida, que contará com a participarão de dois experientes professores e também de duas alunas da FG, que estão em trabalho remoto e continuarão no pós-pandemia.

Atuará como mediadora a professora Priscilla de Almeida Sanchez, mestre em Administração (Unip), especialista em RH (Uninove), em Gestão Financeira (Unip), Educação (Uninove) e coach (Sociedade Brasileira de Coach). Ela é professora de Administração e áreas correlatas nas Faculdades Guarulhos – FG, na Faculdade Torricelli e na Unip., além de ser palestrante e consultora organizacional.

Como debatedor estará o professor Paulo Sérgio Pereira da Silva, bacharel e licenciado em Matemática, licenciado em Pedagogia com habilitação em Administração Escolar, especialista em Educação Matemática, com mestrado interdisciplinar em Educação, Administração e Comunicação, e com doutorado em Educação Matemática. Tem experiência no ensino fundamental e médio, ensino e formação de professores. Atua no ensino superior e na pós-graduação – Lato Sensu, nas modalidades presencial e EaD.

As alunas que participarão são: Kamille Smith Christine Correia Silva (8º semestre) e Luara Gabriela Zampoli (6º semestre).

O Home Office


O Home Office é uma modalidade de trabalho que vem ganhando destaque nos últimos anos. Contudo, com a atual pandemia gerada pelo novo Coronavírus (Covid-19), a prática tornou-se fundamental, uma vez que auxilia na redução do índice de contaminação do vírus. No Brasil, cerca de 43% das empresas adotaram o home office, devido ao estado de calamidade pública e às recomendações da OMS. Além disso, estima-se que até o final de 2020, 90% das companhias ofereçam aos seus profissionais alguma atividade a distância.

O professor Paulo Sérgio cita que, em 2011, os benefícios do Home Office foram classificados em dois grupos: técnicos profissionais e pessoais. Para os técnicos profissionais, encontram-se: melhoria na produtividade, planejamento de atividades, disponibilidade de estudos e mais tempo para realizar relatórios e planos de ações. Para os pessoais, percebe-se qualidade de vida, autonomia para gerir o tempo, menos estresse e despesas com deslocamentos e mais contato com familiares.

Ele relata que uma pesquisa realizada em 2020 pela Robert Half, empresa global de consultoria de recursos humanos, demonstrou que o Home Office tem efeito positivo sobre a motivação dos funcionários e um aumento significativo da produtividade no período mais grave da pandemia: 86% dos profissionais entrevistados querem trabalhar de casa mais vezes após o fim da quarentena. Ainda segundo o estudo, que ouviu mais de 800 pessoas, 67% perceberam que é possível executar as tarefas remotamente; 49% consideram que o equilíbrio entre vida profissional e pessoal melhorou sem o deslocamento para o trabalho; e 25% estão mais confortáveis com as tecnologias.

“Em um primeiro momento, tudo é novo e a novidade traz um certo romanticismo sobre a experiência de trabalhar nessa modalidade e, somente o tempo dirá se os efeitos da transposição dos limites organização/casa permanecerão numa relação saudável, em que ambos sejam beneficiados”, comenta a professora Priscilla.


Sobre as Faculdades Guarulhos

As Faculdades Integradas de Ciências Humanas, Saúde e Educação de Guarulhos comemoraram em agosto 50 anos de atividades. Com sede na rua Barão de Mauá, 95, Centro de Guarulhos, tem cursos de graduação em várias áreas e pós-graduação Lato Sensu nas áreas de Saúde e Educação.

www.fg.edu.br
Tel. 2409-3533