Sem recesso de Carnaval, comércio mantém protocolos e funcionará em Guarulhos

 

Guarulhos não terá pontos facultativos municipais nos próximos dias 16 e 17 de fevereiro, datas que estavam reservadas à comemoração do Carnaval. A medida, determinada pelo prefeito Guti, tem o objetivo de evitar aglomerações, tão características da data, e prevenir o aumento de casos de Covid-19 na cidade.

Com isso, além das repartições públicas do município e dos serviços nas áreas de saúde, não terão interrupção nessas datas, as demais atividades econômicas, como o comércio, que manterá os protocolos de higiene e prevenção e funcionará normalmente, respeitando as regras da fase do Plano SP de flexibilização no qual Guarulhos se encontra, determinada pelo governo do estado.

Para o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos, Silvio Alves, a medida é acertada. “Não há motivos para a realização de evento festivo em meio a uma pandemia que já vitimou tantas pessoas e que levou outras tantas ao desemprego ou à falência. O momento é de cuidado. Por isso, considero acertada a decisão do prefeito Guti de suspender o recesso de Carnaval. Nós, representantes dos empresários, seguimos orientando comerciantes e prestadores de serviço que mantenham as medidas protetivas para seguir trabalhando em segurança”, afirma.

O prefeito Guti, ao determinar a suspensão do feriado em Guarulhos, pontuou também que o setor produtivo passa por um momento delicado depois das paradas ocorridas ao longo de 2020 e precisa se recuperar.