Projeto de lei cria fila preferencial para pacientes com câncer

Saque deverá ser feito na Agência 0250 da CEF, na avenida Salgado Filho, 100. - Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil
 

Aprovado sessão de quarta-feira (10) o projeto de lei que cria a fila preferencial para pacientes que estão em tratamento de câncer no Estado de São Paulo. A propositura do deputado Bruno Ganem (Podemos) foi votada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e deve entrar em vigor após a sansão do governador.
“Eu sei bem como sofrem os pacientes que tem câncer e também as suas famílias. Este projeto é muito importante para que essas pessoas que muitas vezes estão com fadiga e vulneráveis psicologicamente possam ter um tratamento adequado”, afirma Ganem.
O projeto prevê que estabelecimentos públicos estaduais, agências bancárias e estabelecimentos comerciais de prestação de serviço devem oferecer atendimento prioritário às pessoas em tratamento oncológico. O paciente deverá apresentar a declaração médica que ateste a sua condição. Os estabelecimentos também precisam dar
publicidade da legislação nas suas dependências.
Este é o segundo projeto na área da saúde que o parlamentar aprova. O primeiro criou a central única de regulação da fila Cross no Estado. O Inca estima que no Brasil, só em 2020, houve mais de 600 mil novos casos de câncer.