Estado de SP registra 28 casos da variante brasileira do coronavírus

 

O estado de São Paulo registrou 28 casos da variante brasileira do coronavírus até esta sexta-feira (19), informou a Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo a pasta, foram registrados 9 casos na capital, 3 em Jaú, 1 de Águas de Lindóia, 12 em Araraquara, 2 em São José dos Campos e 1 em Campinas. “A confirmação de novas variantes ocorre por meio de sequenciamentos genéticos, realizados por laboratórios como o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo”, informou a pasta.

Conhecida como P.1, a nova variante foi identificada primeiro em Manaus. Ela é mais transmissível, mas não há confirmação de que seja mais letal.

Há ainda um caso em Araras, cidade próxima a Araraquara, que ainda não foi incluído pela secretaria. Em uma live, o prefeito Pedrinho Eliseu (PSDB) explicou que o exame que detectou a presença da nova variante em um morador de Araras foi feito no Hospital Albert Einstein.

Para tentar frear uma nova onda de infecção em Araras, a cidade terá medidas mais restritivas da quarentena, como toque de recolher das 22h às 6h e a suspensão das aulas na rede municipal de ensino.

Com o sistema de saúde em colapso e há 5 dias com UTIs lotadas, Araraquara irá colocar a cidade em quarentena por 60 horas, proibindo circulação de carros e pessoas, fechando bancos, supermercados e postos de combustíveis de 12h de domingo (21) até às 23h59 de terça-feira (23).

Depois do anúncio do decreto, supermercados de Araraquara (SP) ficaram lotados, na noite da sexta-feira (19) e na manhã deste sábado (20).

Nos postos de combustíveis também houve movimento intenso, já que os motoristas correram para abastecer seus veículos antes do fechamento.

Até a sexta-feira (20), a cidade somava 12.989 casos de Covid, com 167 mortes.