Mudança de endereço do Núcleo de Atendimento à Vítimas de Violência é investigado por Comissão

 

A Comissão que defende os direitos da criança e do adolescente na Câmara de Guarulhos realizou uma diligência até a UBS Cummins, na tarde da terça-feira (23).


Os vereadores foram até o local para tentar entender o motivo da mudança do Núcleo de Atendimento à Vítimas de Violência (Navi), da região do Pimentas para Cumbica, como explica o presidente da Comissão, Welliton Bezerra (PTC): “as informações, que ainda não são oficiais, mostram que a maioria dos casos de violência sexual e de violência contra a criança acontecem na região dos Pimentas.

Então, retirar este equipamento daquela região e trazer para a região de Cumbica, à princípio, para nós da Comissão, não faz sentido. Nós vamos solicitar para a Secretaria de Saúde informações técnicas. A nossa ideia é que eles comprovem para a Comissão o porquê da mudança”, afirmou.

O Navi opera em Cumbica desde o dia 8 de fevereiro. Além de Welliton Bezerra, também participaram da diligência os parlamentares Jorginho Mota (PTC) e Carlinda Tinoco (Republicanos).