PUBLICIDADE
InícioCIDADECâmara rejeita contas da Prefeitura de 2016, do ex-prefeito Sebastião Almeida

Câmara rejeita contas da Prefeitura de 2016, do ex-prefeito Sebastião Almeida

Publicado em
PUBLICIDADE

A Câmara confirmou a decisão do Tribunal de Contas e rejeitou as contas da Prefeitura de Guarulhos de 2016, quando o prefeito era Sebastião Almeida. Primeiro item da pauta, o Decreto Legislativo 2132/2020, de autoria da Comissão de Finanças e Orçamento, obteve 12 votos favoráveis, cinco contrários e sete abstenções. Dez vereadores estavam ausentes no momento da chamada.
Os vereadores Mauricio Brinquinho e Marcelo Seminaldo, ambos do PT, argumentaram que o TC não comprovou desvio de dinheiro e faz análise técnica, desconsiderando as reais necessidades do Município.  Mais enfático, Seminaldo disse que o resultado da votação no Plenário significava o “assassinato” da história política do ex-prefeito. “Muitos que votaram aqui sequer sabiam do que se tratava. O TC apontou apenas questões técnicas, mas essa votação vai impedir o ex-prefeito Sebastião Almeida, até mesmo, de ocupar um cargo de assessor em órgão público”, declarou.
Para o vereador Paulo Roberto Cechinatto (PTB), que optou pela abstenção, o voto proferido na Câmara é “iminentemente político”. “O nosso voto não muda tecnicamente. Votei pela abstenção porque já é matéria vencida”, disse ele. Edmilson Souza (Psol) disse que votou contrariamente à rejeição por entender que a Câmara tem de fazer uma análise política do que aconteceu na cidade no ano de 2016.


As sessões da Câmara são transmitidas pela TV Câmara, por meio do site (www.guarulhos.sp.leg.br) e redes sociais YouTube e Facebook.

 

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE