terça-feira, 5 julho 2022
PUBLICIDADE
InícioECONOMIACom pandemia, Brasil tem queda de 26% no comércio de serviços em...

Com pandemia, Brasil tem queda de 26% no comércio de serviços em 2020

 

O Brasil registrou queda de 26% na corrente de comércio de serviços em 2020 na comparação com o ano anterior. O indicador é resultado da soma de importações e exportações do setor.

O valor, que em 2019 foi de US$ 95 bilhões, caiu para US$ 75 bilhões em 2o20. O valor ficou distribuído da seguinte forma:

  • Exportações de serviços: US$ 28 bilhões, queda de 17% em relação a 2019;
  • Importações de serviços: US$ 47 bilhões, queda de 31% em relação a 2019.

As informações são de levantamento da CNI (Confederação Nacional da Indústria), com base em dados da OMC (Organização Mundial do Comércio). Eis a íntegra do estudo (2,7 MB).

No mundo, o comércio de serviços totalizou US$ 9,6 trilhões, o menor patamar desde 2013. O recuo foi de 19,9% em 2020 em relação a 2019. A principal explicação é o impacto da crise causada pela covid-19.

Segundo a pesquisa, a diminuição no volume de comércio de serviços no Brasil ficou acima da média registrada pelos países do G20, de 18%. O grupo das 20 maiores economias do mundo comercializou US$ 8,8 trilhões em serviços em 2020, e US$ 10,8 trilhões em 2019.

Os Estados Unidos, maior exportador e importador mundial de serviços, registrou queda de 22% no período. A China, redução de 16%.

“O resultado do comércio brasileiro de serviços, além representar uma queda mais acentuada que a registrada pelo G20 e pelo mundo, é também o pior da década. O menor valor até agora nos últimos 10 anos havia sido o de 2016, de US$ 94 bilhões”, afirma a pesquisa.

A corrente de comércio de serviços inclui itens como aluguel de equipamentos, seguros, serviços de propriedade intelectual, de telecomunicação, financeiros, culturais e de arquitetura e engenharia, entre outros.

Por causa da pandemia, a queda no comércio brasileiro de serviços foi maior do que a do comércio de bens, setor que registrou baixa de 8,2% em 2020, comparando com 2019. Os números refletem o impacto maior nas áreas de transporte, manutenção de equipamentos e outros associados ao setor de turismo.

O gerente de Políticas de Integração Internacional da CNI, Fabrizio Sardelli Panzini, afirma que as exportações de serviços do Brasil são muito dependentes da economia dos Estados Unidos e da União Europeia. “Como esses países também enfrentaram restrições e queda em sua atividade econômica, nosso comércio de serviços caiu em decorrência disso também”, declarou.

O Brasil responde por 0,6% das exportações mundiais de serviços. No ranking mundial, está na 32ª posição.

Para Panzini, a ampliação da participação do Brasil no comércio global de serviços depende de “aspectos tributários e de decisão do Poder Executivo”.

“De um lado, o modelo brasileiro de Acordos para Evitar Dupla Tributação tributam de forma mais acentuada o comércio de serviços, sobretudo nas importações e nos afasta do modelo de tratado da OCDE. Por outro lado, o Brasil é o país com maior número de tributos sobre o comércio de serviços no mundo e possui uma das maiores cargas tributárias na importação de serviços”, afirma a CNI em comunicado.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,597SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Guarulhos abre inscrições para 390 vagas em cursos de capacitação profissional

A Prefeitura de Guarulhos receberá de 11 a 29 de julho as inscrições para 390 vagas em cursos de capacitação profissional do Núcleo de...

Ninguém acertou os seis números da Mega e o próximo concurso irá pagar 55...

Sorteada neste sábado (2) à noite em São Paulo, a Mega Sena não obteve nenhum ganhador com 6 dezenas acertadas, As dezenas foram: 05, 14,...

Receita Federal alerta para golpes relacionados a pedidos de empréstimo e IOF

A Receita Federal alerta para golpes envolvendo empréstimos. Em vários relatos recebidos, supostas empresas condicionam a liberação dos empréstimos ao pagamento antecipado de Imposto...

Lanchonete Mundo Animal abre 75 vagas de empregos em Guarulhos

A lanchonete  Mundo Animal está com 75 vagas abertas na nova unidade que está abrindo em Guarulhos. "Estamos sempre em busca de pessoas esforçadas e...

Bienal de Guarulhos abre credenciamento para autores locais

Escritores e cartunistas guarulhenses independentes ou com obras publicadas por editora têm entre os dias 5 e 17 de julho para realizar a inscrição...