quarta-feira, 28 julho 2021
InícioCIDADESAÚDEEstalar o pescoço pode causar AVC, diz fisioterapeuta

Estalar o pescoço pode causar AVC, diz fisioterapeuta

Devido às atividades do dia a dia, é comum sentirmos a região dos ombros e pescoço sobrecarregados, com uma leve tensão ou travamento. Buscando alívio imediato, muitas pessoas costumam estalar essa região, girando o pescoço de um lado para o outro, porém tal prática pode trazer sérias complicações para a saúde incluindo riscos a vida. “Apesar de parecer algo inofensivo, estalar o pescoço é bastante perigoso, devido às articulações que compõem essa região. E em alguns casos, ao invés de gerar alívio, é possível que a pessoa agrave o quadro piorando o posicionamento da musculatura” – afirma Bernardo Sampaio, fisioterapeuta e diretor clínico do ITC Vertebral de Guarulhos.

No pescoço, passam artérias importantes para a circulação do sangue de todo o nosso corpo, e tal complicação médica, se dá devido ao movimento abrupto, que pode causar a interrupção da passagem do sangue e contribuir para a formação de coágulos. “O AVC está relacionado ao estalar, devido ao movimento feito de forma amadora, não medindo a intensidade e a pressão. Dependendo de como ele é reproduzido, pode causar descolamento da parede interna das artérias, responsáveis por levar o sangue ao cérebro, o que causa tal fatalidade” – explica.

Além do AVC existem outras complicações que podem acometer o corpo humano com a prática de se estalar, devido às terminações nervosas que estão presentes em todo o corpo. A repetição dos estalos pode também estar ligada a fatores psicológicos. “O hábito de estalar o pescoço pode causar fraturas nas vértebras, deslocamento de tendões e ligamentos, além de ser uma prática que pode indicar algum tipo de mania ou tique” – comenta.

Atualmente existem inúmeros métodos que podem ser feitos por profissionais, para aliviar a tensão do corpo, e de toda a região musculoesquelética, como a fisioterapia, alongamentos e pilates, além claro, da prática de atividade física. “No consultório, sempre reforço aos pacientes a importância de se manter ativo, praticando atividades físicas e tendo hábitos saudáveis” – conclui Bernardo.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,402SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

SP registra queda de 74% de óbitos por Aids

O Estado de São Paulo registrou queda de 74% nos óbitos por Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) 24 anos após registrar o pico de...

SP: lei coloca no fim da fila quem escolhe vacina contra Covid-19

Uma nova lei municipal sancionada pelo prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, colocará no fim da fila os chamados "sommeliers de vacina", que se...

Vacina contra Covid-19 salvou 55 mil idosos, estima Fiocruz

Graças à vacinação contra a Covid-19, iniciada há seis meses no Brasil, o país conseguiu evitar a morte de até 55 mil idosos. Essa é...

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em julho

Trabalhadores informais nascidos em julho recebem hoje (24) a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150...

Ministro Braga Netto diz que não há ameaça contra eleições

O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, disse hoje (22) que não se comunica com os presidentes dos Três Poderes por meio de interlocutores...