domingo, 28 novembro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioDESTAQUEEstado de São Paulo gera mais de 100 mil novos postos de...

Estado de São Paulo gera mais de 100 mil novos postos de trabalho em maio

O Estado de São Paulo gerou 104.707 vagas de emprego formais em maio deste ano, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. Isso significa que 37,3% das vagas criadas no país foram em São Paulo.

Em maio ocorreram 526.921 admissões e 422.214 desligamentos no estado, o que representa uma tendência positiva: foram 14,2% mais admissões e 2,4% menos desligamentos em relação a abril. No acumulado do ano, a criação de empregos formais soma 389,5 mil postos no estado.

“A forte recuperação da economia de São Paulo produz efeitos no mercado de trabalho”, afirma o secretário da Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles. “Isto é o mais importante: gerar empregos e renda”

O setor de Serviços, um dos mais afetados pela pandemia, foi a atividade que puxou o saldo positivo, com 38.075 empregos gerados. Em seguida estão as atividades Agricultura, pecuária e pesca, com 32.675 vagas; Comércio, com 21.388; Indústria geral, com 10.023; e Construção, com 2.546 postos de trabalho a mais em maio.

Meirelles afirma que a vacinação tem sido um fator fundamental para a retomada da economia e do emprego. “A vacina libera as pessoas para trabalharem mais livremente, injeta confiança na economia, faz as empresas voltarem a investir e contratar”.

A geração de empregos é um reflexo do crescimento econômico de São Paulo, que deve superar os 7% este ano, de acordo com projeção da Fundação Seade. É o resultado da vacinação acelerada no estado, além de uma série de medidas tomadas nos últimos dois anos, entre elas a busca de investimentos nacionais e estrangeiros no estado, um plano estruturado de enfrentamento da pandemia na área econômica e a adoção de medidas que tornam mais simples fazer negócios no Estado.

O mercado de trabalho por grupos
Em maio, a geração de emprego formal foi maior para os homens, com o saldo de 57.464 vagas, enquanto para as mulheres foi de 47.243. Por faixa etária, a abertura de vagas foi maior para pessoas de 18 a 24 anos (46.426). Por grau de instrução, o melhor desempenho foi entre pessoas com o ensino médio completo (61.508).

Mais detalhes sobre o levantamento nos Estados e municípios podem ser encontrados na página do Programa de Disseminação das Estatísticas do Trabalho, do Ministério do Trabalho, emMais detalhes sobre o levantamento nos Estados e municípios podem ser encontrados na página do Programa de Disseminação das Estatísticas do Trabalho, do Ministério do Trabalho, em https://pdet.mte.gov.br/novo-caged.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,491SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Avião bimotor com 3 a bordo cai no mar na região de Ubatuba

O Corpo de Bombeiros realiza buscas, na manhã desta quinta-feira (25), a um avião bimotor que caiu na divisa entre os estados de São...

Processos de movimentação de servidores são repassados para diretores das escolas da Prefeitura

Diretores das Escolas da Prefeitura de Guarulhos se reúnem no auditório da Secretaria de Educação nesta sexta-feira (26) para uma formação sobre os processos...

Morre o arquiteto Ruy Ohtake, arquiteto do Adamastor, aos 83 anos em SP

O arquiteto Ruy Ohtake morreu neste sábado (27), aos 83 anos, em São Paulo. Ohtake tinha câncer de medula. Ruy era filho da artista plástica...

MP do Auxílio Brasil deve ser analisada pela Câmara nesta terça

A Câmara dos Deputados marcou para esta terça-feira (23) a sessão do plenário sobre a MP 1061/21, que substitui o programa de distribuição de...

Descoberta nova variante do coronavírus com grande número de mutações

Os cientistas alertam que a variante B.1.1.529, descoberta pela primeira vez em Botsuana e com seis casos de infecção confirmados na África do Sul, tem...