terça-feira, 3 agosto 2021
InícioCIDADEDefesa Civil alerta sobre risco de incêndios por queima e descarte irregular...

Defesa Civil alerta sobre risco de incêndios por queima e descarte irregular de resíduos

A baixa umidade do ar e a vegetação seca geram o aumento do número de ocorrências de incêndios em terrenos baldios e áreas de matas. O problema é característico do período de estiagem, que deve se prolongar até setembro. Por essa razão, a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil (Compdec) de Guarulhos alerta sobre as ações capazes de evitar situações que colocam a natureza e a vida humana em perigo.

A queima de lixo doméstico, entulhos e móveis é um dos causadores de incêndios neste período de seca e a prática é considerada crime ambiental, segundo o artigo 54 da lei federal 9.605/1998. O município dispõe de iniciativas gratuitas para o descarte correto desses materiais, como a coleta seletiva, os 22 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) espalhados pela cidade e a Operação Cata-Treco, que conta com uma programação periódica divulgada nos canais oficiais da Prefeitura de Guarulhos na internet.

Agente de Proteção e Defesa Civil, Sylvio Checcato explica que a fumaça causada pelas queimadas é prejudicial à saúde, ao meio ambiente e à segurança. Quando elas ocorrem perto de rodovias, diminuem a visibilidade dos motoristas e podem ocasionar acidentes.

Uma simples ação como jogar uma bituca de cigarro na estrada pela janela de um automóvel pode gerar graves incêndios e é considerada infração média pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que prevê multa e perda de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). “Jamais coloque fogo em vegetação ou descarte materiais inflamáveis. Cuide do nosso ecossistema, ele é vital para todos nós”, destaca Checcato.

O que fazer em caso de queimadas?

Queimadas ilegais podem ser denunciadas à Polícia Militar pelo telefone 190 ou, caso o fogo seja em vegetação, por meio do Disque-Denúncia Verde da Secretaria de Meio Ambiente de Guarulhos (0800-772-2006).

Em caso de incêndio o morador deve se manter longe do fogo e não tentar apagá-lo sozinho. É primordial comunicar o Corpo de Bombeiros por meio do telefone 193 para que os profissionais possam conter a situação. 

Para mais orientações, a Defesa Civil opera 24 horas, todos os dias da semana, e atende pelo telefone 199.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,413SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

People Mover

Anac indica que GRU Airport deve instalar monotrilho entre CPTM e terminais do aeroporto

A coluna Painel S.A., da Folha de S.Paulo, assinada pela jornalista Joana Cunha, informou que a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) aprovou um...

Em um mês, Guarulhos teve 3.442 novos casos de covid, 3.300 recuperados e 333...

Dados da Vigilância Epidemiológica Municipal desta segunda-feira (02/08/2021): Casos confirmados – 76.970Total de recuperados – 71.465Taxa de cura – 92,85%Total de óbitos – 4.683 confirmados e seis em investigaçãoTaxa de letalidade – 6,08%Ocupação...

Ipem-SP alerta sobre cuidados na compra de roupas e aparelhos elétricos para o Dia...

A comemoração do Dia dos Pais se aproxima e o consumidor precisa ficar atento nas compras de produtos têxteis. As alergias são apenas alguns...

Rede municipal libera aulas presenciais a todos alunos a partir de segunda-feira

A partir de segunda-feira (2) a Secretaria de Educação de Guarulhos amplia para 100% a possibilidade de atendimento escolar presencial aos estudantes da rede de...

Em madrugada gelada, Metrô de SP recebe cerca 50 moradores de rua em abrigo...

Cerca de 50 moradores em situação de rua se abrigaram na estação de Metrô Dom Pedro 2º, no centro de São Paulo, na madrugada...