quarta-feira, 22 setembro 2021
InícioNACIONALApoiadores de Bolsonaro começam a desocupar Esplanada

Apoiadores de Bolsonaro começam a desocupar Esplanada

O trânsito de veículos nas vias N1 (no sentido Senado, até o Ministério da Justiça) e S1 (no sentido Câmara, até o Itamaraty) da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, foi liberado no início da tarde desta sexta-feira (10), por volta do meio-dia. Ainda há manifestantes na região, que estão saindo voluntariamente. A previsão é que deixem o local até o final do dia de hoje. O acesso à Praça dos Três Poderes segue restrito e protegido por grades e policiais militares.

A negociação da Segurança Pública do Distrito Federal para a retirada dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) da Esplanada dos Ministérios continua. Nesta sexta-feira (10), caminhoneiros e outros manifestantes pró-governo permanecem com barracas e veículos estacionados no canteiro central, na altura da Catedral Metropolitana. 

“Estamos conversando para fazer uma desocupação pacífica com o menor impacto para a capital. Não temos um prazo estipulado para que isso ocorra, mas entendemos que Brasília precisa voltar à sua atividade normal”, informou coronel Edvã Sousa, chefe do Centro de Comunicação Social da Polícia Militar do DF.

No início da manhã, as vias N1 e S1 estavam fechadas, de ponta a ponta, na altura da Rodoviária do Plano Piloto. Por volta das 10h30, manifestantes acampados entre o Ministério da Economia e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento já começavam a se retirar de forma pacífica. 

Durante a tentativa de desobstruir a Esplanada, no final tarde de quinta-feira (9), parte dos manifestantes sentou no chão, em frente aos veículos do DER, gritando palavras de ordem. Apesar da resistência, eles foram obrigados a liberar a via. Foi preciso uso de veículos de guincho para liberar a via N1, no sentido rodoviária. O governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), informou que alguns veículos foram multados diversas vezes. Na quinta, o governador também disse que as negociações estão sendo feitas na base do “convencimento”.

A região central de Brasília está interditada desde a última segunda-feira (6), quando o grupo começou a chegar para os atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, no 7 de setembro. Para o próximo domingo (12), há previsão de novos protestos, desta vez de grupos contrários ao governo. 

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,440SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Justiça do Trabalho faz mutirão para encerrar conflitos trabalhistas entre os dias 20 e...

Entre os dias 20 e 24, ocorrerá a Semana Nacional da Conciliação e Execução Trabalhista. O mutirão busca encerrar conflitos trabalhistas e garantir o...

Fundo Social entrega 71 kits para mães na maternidade JJM

Nesta terça-feira (14) o Fundo Social de Solidariedade de Guarulhos entregou 71 kits para mulheres que deram à luz na Maternidade Jesus, José e Maria...

Primeiros dias da Semana do Trânsito em Guarulhos abordam Lei Seca e travessia segura

As primeiras ações da Semana Nacional do Trânsito (SNT) em Guarulhos foram realizadas em bares da região da Vila Galvão, no entorno do Lago...

Comissão da Câmara aprova projeto que estende a desoneração da folha de pagamento até...

Nesta quarta-feira (15), a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara aprovou o projeto que estende a desoneração da folha de pagamento até 2026. O...

Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 8,35%

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a inflação oficial do país, subiu, novamente, de...