Festival Literário Parthenon começa na segunda-feira

Terá início na segunda-feira, dia 13/9 e se estende até o sábado, 18, o Flipar 2021 – Festival Literário Parthenon “Entre janelas”, realização do Colégio Parthenon Vila Augusta. Desta vez o evento será em formato virtual, devido à pandemia.

O evento conta com a participação de 21 escritores renomados, lançados por diversas editoras. Alguns deles terão encontros virtuais com os alunos, outros atuarão em rodas de conversas e mesas de debates.

O Flipar é aberto e gratuito ao público, mediante inscrição prévia por este link (vagas limitadas).

A transmissão será pelo YouTube em acesso enviado para os inscritos e ficará disponível posteriormente nos canais do Colégio Parthenon Vila Augusta.

Confira quais os autores participantes e de qual forma estarão presentes:
(ordem alfabética)

Alexandre Rampazo

Participações:

  • Mesa “Narrativas visuais” no dia 15/09 às 19h (Convite aberto para comunidade escolar).
  • Encontro com os alunos no dia 16/09 às 10h30 (Convite para Educação infantil e    Fundamental I).

Escritor e ilustrador, é formado em design, foi diretor de arte, é autor de livros ilustrados e artista gráfico. Escreveu e ilustrou: O que é que isso é?; Imensamente pequeno; Eustáquio, o mágico magnífico; Um belo lugar; Pinóquio – O livro das pequenas verdades; A história do pássaro e o realejo; Se eu abrir esta porta agora… ; Aqui, bem perto; A cor de CoralineEste é o Lobo entre outros. Ilustrou também textos de outros autores e tem por volta de 70 livros editados. No Prêmio Jabuti já teve obras finalistas por 9 vezes e 3 livros vencedores. Recebeu o Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil em 5 oportunidades.





André Neves

Participações:Encontro com os alunos no dia 13/09 às 10h30 (Convite para Educação infantil e    Fundamental I). 

Mesa “Narrativas visuais no dia 15/09 às 19h (Convite aberto para comunidade escolar).

É formado em comunicação social. Sua paixão pela literatura o levou a explorar o universo da imagem narrativa nos livros para a infância. No Brasil, ganhou prêmios importantes: Prêmio Luís Jardim, melhor livro de imagem 2003, Prêmio Jabuti 2004, 2010, Prêmio Açorianos de literatura 2005, 2006 e 2008. No exterior recebeu o Prêmio Especial do Júri no concurso Lucca Comics e Games, na cidade de Lucca, Itália, em 2007. Também participou de mostras e exposições de ilustração no Brasil e no exterior.

Andréa Avelar



Participação: Encontro no dia 16/09 às 19h.
Evento: Mesa “A língua como morada” – Tema: conquista da língua como ferramenta para o exercício cidadão e inclusão social. Serão enfatizadas narrativas reais e fictícias de refugiados e estrangeiros em nosso país. A escritora Andréa Avelar lançará seu livro O quintal de Aladim, Editora Paulus.

É graduada em comunicação social. Especializada em produção cultural para a infância e pós-graduanda em gramática e texto. Escritora, poetisa, compositora e roteirista, é autora de vários livros, já visitou dezenas de escolas para conhecer e conversar com os seus leitores.

Cristiano Gouveia

Participação: Encontros nos dias 14/09, às 10h30, com “Vermelho de dar dor” para Educação infantil; e no dia 15/09 às 15h, “Sete cordéis para sete cantigas”, para o fundamental I. Participará da mesa com o tema Literatura de Cordel, no dia 17/09, às 19h.

Ator, músico, diretor musical, escritor e contador de histórias, atuou no programa Quintal da Cultura, da TV Cultura, como o personagem Teobaldo. Integrante do Coletivo Jacaré na Porta, grupo de pesquisa e criação de literatura infantojuvenil.  Criador do canal do YouTube Um Canto que Conta, com histórias cantadas, cordéis e  cantigas. Autor dos livros Vermelho de dar dó, em parceria com a ilustradora portuguesa Sónia Borges; Jovens Sambistas, ilustrado por Tatiana Móes; Sete Cordéis para Sete Cantigas (livro escrito e ilustrado por Cristiano, contemplado pelo edital Proac 2019 de Literatura Infantojuvenil) e do livro Um Mistério para Januária, em parceria com a jornalista Karina Almeida (livro contemplado no Prêmio de Incentivo à Publicação Literária – 200 anos de Independência). Em 2017 lançou o CD Lili Canta o Mundo, com poesias de  Mario Quintana musicadas por Cristiano e pela compositora mineira Irene Bertachini.

Daniela Padilha

Participação: Terça-Feira (14/09) às 19h: Mesa “Linguagens, arte e cidadania”

Fundadora e editora da Jujuba, é formada em letras, com especialização em escutas antropológicas das infâncias. Fundadora e editora da Jujuba, uma casa editorial especializada em literatura infantil. Com diversos prêmios, em 2019 foi a editora convidada pela Feira do Livro de Bologna para representar o Brasil. No mesmo ano, lançou a Literatura de Colo, coleção dedicada à primeiríssima infância, com livros que consideram o bebê como leitor.

Eliandro Rocha

Participação: Encontro com a Educação Infantil, 1º anos e 2º anos do fundamental I.                             Sexta (17/09) às 15h

Escritor e formador de leitores, teve obras publicadas na China, Coreia e Malta. Recebeu o Prêmio Sylvia Orthof, concedido pela Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, com a obra “Roupa de brincar”, da Editora Pulo do Gato.

Participará do Flipar para conversas literárias com alunos da Educação Infantil e lançará os livros “Quantas rodas tem uma bicicleta?”, Editora Casa do Lobo ,  “Passa, Passará”, Editora Paulinas e  “Meu cachorro sumiu!”, Editora Ciranda Cultural. Para Eliandro, livro não é presente: livro é futuro.



Gabriela Romeu

Participação: Abertura do Flipar – Mesa do dia 13/09, às 19h.

Jornalista, documentarista e escritora especializada em produção cultural para a infância. Durante 20 anos escreveu para o jornal Folha de S.Paulo, em que editou o caderno Folhinha, coordenou o projeto Mapa do Brincar (Grande Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo) e dedicou-se a escrever sobre o que se produz nas áreas de literatura, cinema e teatro para a infância. Há 15 anos atua na crítica de teatro infantil para o Guia da Folha e integra júris de prêmios como a APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), além de diversas comissões de avaliação ligadas às artes para a infância. É autora de livros que criam pontes entre diferentes realidades infantis, como Terra de Cabinha (Peirópolis), Tutu-moringa, história que tataravó contou (Companhia das Letrinhas), Álbum de família – Aventuranças, memórias e efabulações da trupe familiar Carroça de Mamulengos (Peirópolis), Menininho (Panda Books, no prelo) e Lá no meu quintal (Peirópolis), entre outros.




Gustavo Piqueira

Participações:

  • Encontro com os alunos no dia 17/09 às 10h (para o Fundamental II e Ensino Médio). 
  • Mesa “Narrativas visuais” no dia 15/09 às 19h (convite aberto para a comunidade escolar).

Tem mais de 40 livros publicados, nos quais mistura livremente texto e imagem, ficção e não ficção, design, história e tudo mais que encontrar pelo caminho. À frente de sua Casa Rex, é um dos mais premiados designers gráficos do Brasil, com mais de 500 prêmios recebidos. Destaque para os livros “A Odisseia de Homero segundo João Vítor”, Editora Biruta, e “Lord Crepton”, Editora Pulo do Gato, ambos adotados no Colégio Parthenon Vila Augusta.

João Anzanello Carrascoza



Participação: Abertura do evento: 13/09 às 19h.


Autor de “Trilogia do Adeus”, “Aos 7 e aos 40”, “Elegia do irmão” e “Aquela água toda”, entre outros livros, traduzidos para diversos idiomas. Recebeu os prêmios Jabuti, APCA, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Fundação Biblioteca Nacional e os internacionais Guimarães Rosa e White Ravens.


Josca Ailine Baroukh e Lucila Silva de Almeida

Participação: Bate-papo com os alunos da educação infantil, 13/09 às 10h.

Josca é mestre pela Faculdade de Educação da USP, graduada em psicologia pela USP, com especialização para professores de educação infantil e ensino fundamental no espaço pedagógico, com Madalena Freire. Atualmente, é coordenadora do curso de pós-graduação “A vez e a voz das crianças”, n’A Casa Tombada; trabalha na Tecnologia Educacional da Escola Vera Cruz e com formação de gestores e professores desde 1999. Coordenou a coleção “Interações”, pela Editora Blucher, e é autora dos livros “O penico do bebê”, “Vamos tomar banho?”, “Parlendas para brincar” e “Adivinhas para brincar” (em parceria com Lucila de Almeida); e “Ler antes de saber ler – oito mitos escolares sobre a leitura literária”, (em parceria com Ana Carolina Carvalho), todos pela Panda Books.

Lucila é pedagoga com pós-graduação em educação de crianças de 0 a 3 anos, pelo Instituto Singularidades – SP. Iniciou sua carreira como coordenadora pedagógica  de CEI- Centro de Educação Infantil, foi professora de alfabetização de jovens e adultos e professora de orientação de prática educativa no Programa ADI – Magistério (Fundação Vanzolini e PMSP). Atuou como professora de educação infantil e orientadora pedagógica na rede particular por 16 anos. É autora do livro “Interações: Crianças, brincadeiras brasileiras e escola” – Editora Blucher e coautora do livro “Parlendas para brincar” e “Adivinhas para brincar”, Editora Panda Books e “Práticas comentadas para inspirar”, Editora do Brasil. Formadora de professoras da rede pública e privada desde 2002, trabalha em projetos e programas de formação de professores pelo Instituto Avisala e como coordenadora pedagógica no Projeto Varre Vila, projeto de educação ambiental na empresa Com Você Serviços de Treinamento.

Luciano Pontes

Participação: Mesa Linguagens, arte e cidadania – terça-feira (14/09) às 19h.


Escritor, ilustrador, ator, dramaturgo e palhaço. Graduado em design gráfico, com especialização em literatura infantil e juvenil pela UCS-RS. Autor de diversas obras de literatura infantil, com experiências também como ilustrador. Fundador da Cia Meias Palavras, onde pesquisa a oralidade e as linguagens do teatro. Criador do projeto Livro Mural – Leituras socializantes. Integra o elenco de atores/palhaços da Doutores da Alegria desde 2003.

Márcia Leite


Participação:  Encontro com as turmas do Fundamental II e Médio no dia 15/09, às 10h30.

Encontro na Mesa “A língua como morada” no dia 16/09, às 19h.


Sócia-fundadora e diretora editorial da Editora Pulo do Gato, pequena editora independente de livros ilustrados e ensaios relacionados à leitura, especialmente a literária.

Escritora paulista de livros para crianças e jovens desde 1986, tem mais de 40 títulos publicados por diversas editoras, muitos deles premiados e integrantes de programas de leitura governamentais e institucionais. Com mais de 30 anos de prática escolar como professora, assessora e autora de coleções didáticas na área de língua portuguesa. Atualmente participa e promove cursos e eventos formativos sobre leitura, escrita e edição de livros ilustrados.


Com 10 anos de vida, alguns títulos da Pulo do Gato receberam importantes prêmios como: Prêmio Jabuti Melhor Ilustração; Prêmio Melhor Livro Infantil pela Biblioteca Nacional; Prêmio Melhor Livro pela FNLIJ; Selo Altamente Recomendável pela FNLIJ; Prêmios Distinção e Seleção pela Cátedra Unesco de Leitura; Prêmio White Ravens da Biblioteca de Munique; Lista de Honra do IBBY; Catálogo de livros da Feira Internacional do Livro Infantil de Bologna, entre outros