sábado, 4 dezembro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioDESTAQUECai tempo médio para abertura de empresas no país

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

O tempo médio para a abertura de uma empresa no país é três vezes menor do que no início de 2019, ficando em menos de dois dias. Em 2019, o prazo médio era de cinco dias e nove horas e, atualmente, está em 47 horas. Os dados constam da plataforma Governo Digital, ligada ao Ministério da Economia.

Segundo a plataforma, a redução deve-se a medidas de simplificação, à integração digital entre as 27 juntas comerciais e adesão à plataforma Gov.BR.

Os dados mostram que, atualmente, 23 das 27 juntas comerciais já usam a assinatura do Gov.BR para a formalização dos novos negócios. A medida, entre outros pontos, ajuda a reduzir tempo e custos, uma vez que não é mais necessário despender recursos com reconhecimento de firma ou com certificado digital para abrir ou alterar os registros de uma empresa.

Dados do boletim Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, revelam que, no segundo quadrimestre deste ano, foram abertas no país 1.420.782 empresas, o que representa aumento de 1,9% em relação ao primeiro quadrimestre de 2021 e de 26,5% na comparação com o segundo quadrimestre de 2020. O boletim mostra ainda que 328 mil empresas foram abertas em setembro deste ano, já com a redução do tempo.

“O tempo médio de abertura de empresas no país apresentou gradativa redução nos últimos meses, reflexo dos avanços obtidos pelos órgãos federais, estaduais e municipais, objetivando um processo de abertura de empresas mais simples e ágil. Os recordes em registro de novas empresas reforçam, cada vez mais, a opção do brasileiro pelo empreendedorismo e criação de novos negócios”, diz o boletim.

Segundo o ministério, em três das 27 unidades federativas brasileiras, já se abre uma empresa em menos de 24 horas, em média: Goiás, Espírito Santo e Distrito Federal. Das três, Goiás apresentou o menor tempo de abertura de empresas no segundo quadrimestre deste ano: 1 dia e 2 horas, uma queda de 16 horas (38,1%) em relação ao primeiro quadrimestre de 2021.

No estado da Bahia, leva-se mais tempo para abrir uma empresa: 6 dias e 1 hora. Apesar de estar no fim da fila, a Bahia apresentou considerável redução de prazo e está com  2 dias e 17 horas, 31,0% a menos que no primeiro quadrimestre do ano.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,497SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Teatro Padre Bento tem encontros quinzenais de Roda de Choro em dezembro

O Teatro Padre Bento irá oferecer nos dias 5 e 19 de dezembro, às 10h, os já tradicionais encontros de choro com clássicos renomados e...

Covid-19: Anvisa inclui eventos adversos graves em bula de medicamento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na sexta-feira (3) a inclusão de eventos adversos graves na bula do medicamento Olumiant (baricitinibe), da...

Guarulhos reduz intervalo de dose de reforço para quatro meses

O  prefeito de Guarulhos, Guti, determinou a redução de cinco para quatro meses do intervalo da dose adicional da vacina contra a Covid-19, nova...

Prefeitura inicia descentralização e ampliação do acesso a medicamentos em Guarulhos

A Prefeitura de Guarulhos iniciou nesta segunda-feira (29) o processo de descentralização dos medicamentos das farmácias de especialidades Cemeg Centro, Cemeg São João-Bonsucesso e Cemeg...

Saúde masculina: Terapia hormonal não precisa ter picos de efeitos colaterais

Um dos fatores que pesam na decisão dos homens ao decidir ou não pela terapia hormonal é a possibilidade de efeitos colaterais. Afinal de...