sábado, 4 dezembro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioECONOMIAConsulta para privatizar Porto de Santos sai neste ano, diz ministro

Consulta para privatizar Porto de Santos sai neste ano, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse hoje (27) que os estudos para definição do modelo de privatização do Porto de Santos, no litoral paulista, estão perto da conclusão e uma consulta pública sobre a desestatização deve ocorrer ainda neste ano.

“Acredito que agora no final do mês de novembro ou início do mês de dezembro estamos soltando os documentos para audiência pública”, disse Freitas, durante um seminário online sobre Agronegócio, promovido pelo banco BTG Pactual. O modelo para privatização do porto é preparado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Freitas ressaltou que a proposta vencedora do leilão deverá aplicar um grande volume de recursos para aprimorar a infraestrutura em Santos. “Estamos falando em R$ 16 bilhões em investimento”, afirmou o ministro.

Entre as obras que devem ser tocadas pela concessionária vencedora está aprofundamento do canal do porto de 15 metros para 17 metros, a construção de um túnel entre Santos e Guarujá e diversas outras melhorias nos acessos rodoviário e ferroviário em torno do porto.

Com a privatização e os investimentos, a ideia do governo é que Santos se torne “o grande hub para contêineres da América Latina”, disse Freitas. Isso deve ser incentivado também pela BR do Mar, como é chamado o projeto de lei de incentivo à navegação de cabotagem que tramita atualmente no Senado e que o governo espera ver aprovado em breve, ressaltou o ministro.

Privatização de portos

Freitas confirmou a previsão de que a primeira privatização de um porto no país, a do Porto do Espírito Santo, ocorra ainda no primeiro trimestre de 2022. Nesse caso, os investimentos privados devem ser da ordem de R$ 1,6 bilhão.

Outro porto que está na mira para ser privatizado é o de Itajaí, em Santa Catarina, que deve receber mais R$ 2,8 bilhões em investimentos, segundo o ministro.


*Com informações da Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,497SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Covid-19: Anvisa inclui eventos adversos graves em bula de medicamento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na sexta-feira (3) a inclusão de eventos adversos graves na bula do medicamento Olumiant (baricitinibe), da...

73,5% das famílias paulistanas estão com dívidas, diz estudo

Levantamento aponta que 73,5% de famílias paulistanas estavam com dívida no mês de novembro, o percentual mais alto desde 2010. Os dados são da...

Zoológico recebe grupo de pessoas com deficiência em visita monitorada

Um grupo de cerca de 50 pessoas, entre pessoas com deficiência e seus acompanhantes, estiveram na manhã desta sexta-feira (3) no Zoológico de Guarulhos em...

Cemear promove apresentações no Adamastor nesta quinta-feira

Os alunos de música, dança e do projeto de línguas do Centro Municipal de Educação e Artes (Cemear) se apresentam nesta quinta-feira (2), às 20h,...

Réveillon 2022: cidades descartam festas, eventos ou shows

Prefeituras de ao menos 19 capitais brasileiras anunciaram cancelamento total ou parcial das festas de réveillon por conta da Covid: Aracaju, Belém, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Fortaleza,...