PUBLICIDADE
InícioCIDADEErro em encaminhamento põe em risco vida de paciente

Erro em encaminhamento põe em risco vida de paciente

Publicado em
PUBLICIDADE

Internada no Hospital Municipal Pimentas-Bonsucesso, a paciente Rosa Augustinho Dall Belo, de 89 anos, teve uma trombose e necessita de cirurgia vascular.

Como o HMPB, que está sob intervenção da Prefeitura desde segunda-feira, 22 e não dispõe dessa especialidade, dona Rosa teve de ser transferida para outro hospital. Pelo Sistema Cross, que identifica onde há vaga na rede do SUS, ela foi removida de ambulância para o Hospital Stella Maris.

Lá chegando, entretanto, foi negada sua internação porque o Stella Maris não havia sido informado da remoção e não tem cirurgia vascular pelo SUS; apenas nos tratamentos particulares.

Diante do impasse, enquanto um hospital apontava para o outro e para o Cross a responsabilidade, a paciente ficou horas dentro da ambulância estacionada na porta do hospital situado na Vila Endres.

Relatado o caso ao Click Guarulhos, apuramos que não caberia à Prefeitura intervir, pois o Cross é ligado à Secretaria estadual da Saúde. Enquanto buscávamos contato com a Assessoria de Imprensa estadual, fomos informados pela família que foi identificado ter havido um erro, ainda não se sabe de quem: a transferência deveria ter ocorrido para o Hospital Santa Marcelina e não para o Stella Maris. Presume-se que quem anotou tenha se limitado a escrever “S.M” e quem anotou a remoção tenha interpretado como Stella Maris.

Outro problema é que quando se apurou que foi cometido esse erro, já não havia vaga no Santa Marcelina, situado na Zona Leste. Em decorrência, dona Rosa foi levada de volta para o Hospital Pimentas-Bonsucesso, à espera de uma vaga para ser operada. Enquanto isso, sua vida corre risco. Com razão, a família está inconformada e requer atenção para que se obtenha com urgência outra vaga para dona Rosa e que sejam apuradas as responsabilidades pelo erro cometido.



Falta de insumos



A família da paciente reclamou também que o Hospital Pimentas-Bonsucesso está com falta de insumos e de medicamentos. Até fraldas geriátricas os familiares estão tendo de comprar.

Quanto a medicamentos, por falta de antibióticos, estão sendo ministrados outros que não os receitados. Caso as famílias discordem, têm sido orientadas para comprar e doar ao hospital.

Comunicamos a queixa à Assessoria de Imprensa da Prefeitura. Indagamos se isto é de conhecimento da Administração, a que se atribui essa situação e quando se pretende obter solução. Segue a resposta:

“A Secretaria de Saúde esclarece que a intervenção aconteceu com o objetivo de retomar a organização administrativa do HMPB, a fim de reestabelecer um atendimento digno à população. Nos últimos meses, a Secretaria Municipal de Saúde apurou uma série de descumprimentos contratuais e de atendimento a pacientes, que incluíam até mesmo falta de insumos e medicamentos. A equipe de intervenção tem trabalhado para avaliar todos os contratos e pendências existentes para fazer um acerto com os fornecedores. Os problemas encontrados foram de tamanha monta que fica extremamente difícil a resolução em tão pouco espaço de tempo”.

 

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE