terça-feira, 25 janeiro 2022
InícioCIDADEContratado o projeto básico do metrô que virá para Guarulhos

Contratado o projeto básico do metrô que virá para Guarulhos

 

O governador em exercício no Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, assinou nesta terça-feira (21) o contrato para a elaboração do Projeto Básico da Linha 19-Celeste, no trecho que vai ligar o Bosque Maia, em Guarulhos, à estação Anhangabaú, no centro de São Paulo. O trabalho será feito pelo Consórcio MNEPIE, que venceu a licitação ao valor de R$ 93 milhões e terá o prazo de 25 meses para os trabalhos.

“Estamos dando um passo fundamental em uma ação importante para a sociedade no mundo moderno: a mobilidade urbana. Nós assinamos aqui a ordem de serviço, o contrato, para que o consórcio de engenharia faça o projeto funcional da Linha 19-Celeste. Estamos ligando a capital de São Paulo à segunda maior cidade de São Paulo, que é Guarulhos”, afirmou Rodrigo Garcia.

“A assinatura do projeto básico para a Linha 19-Celeste é mais um passo para a realização dessa obra que vai beneficiar os moradores da região central de São Paulo, assim como de Guarulhos. Seguimos cumprindo o compromisso dessa gestão de não ter nenhuma obra parada e de oferecer à população um transporte de qualidade”, destacou o secretário dos Transportes Metropolitanos, Paulo Galli.

O Projeto Básico é um dos mais importantes para a implantação de uma linha de metrô, pois é o que define o formato final do traçado da linha e das estações, servindo para a contratação do projeto executivo e das obras, além do modelo de captação de recursos financeiros.

A Linha 19-Celeste deverá ter 17,6 km de extensão e 15 estações no trecho inicial entre Bosque Maia e Anhangabaú, com a previsão de cinco estações em Guarulhos, passando também pelas regiões de Jardim Brasil, Vila Maria (zona norte) e Pari, conectando-se às linhas 1-Azul, na estação São Bento, e 3-Vermelha, em Anhangabaú.

Os estudos iniciais estimam uma demanda de quase 620 mil pessoas por dia no trecho Bosque Maia – Anhangabaú, possibilitando reduzir a emissão de 727 toneladas de poluentes, 75 mil toneladas de gases do efeito estufa por ano e 37 milhões de litros de combustível por ano. Quando pronta, a linha vai reduzir pela metade o tempo de deslocamento da região central de Guarulhos ao Anhangabaú, passando de 60 para 30 minutos estimados.

“Com o Projeto Básico podemos iniciar a concretização dessa obra que beneficiará mais de 620 mil pessoas, que poderão contar com um transporte seguro e com uma redução significativa no tempo de deslocamento. Esse projeto nos dará os detalhes necessários para a contratação das obras dessa importante linha que vai conectar Guarulhos ao centro de São Paulo”, afirmou o presidente do Metrô, Silvani Pereira.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
2,828SeguidoresSeguir
1,508SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Guarulhos soma duas mortes nesta quinta-feira; taxa de UTI está em 84,8%

A Secretaria Municipal da Saúde informou, nesta quinta-feira (20), que foram contabilizadas sete mortes por Covid-19 em Guarulhos. Ao todo, 5.051 pessoas perderam...

Parthenon oferece desde o Maternal até o Ensino Médio

O Colégio Parthenon completou 42 anos de atividades, tendo duas unidades no Bom Clima e outras duas na Vila Augusta. “Para nós, ensinar é...

Jornalista lança “Miserere nobis – crônicas do cotidiano”

Motivado pelo sucesso de seu primeiro livro de crônicas, “Histórias de Minha Cidade – Crônicas Carmelitanas”, lançado no último mês de julho em todo...

Covid-19: São Paulo divulga calendário de vacinação para crianças

Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aprovado hoje (20) o uso da vacina CoronaVac para crianças e adolescentes entre 6 e 17...

Masp inaugura iluminação noturna no aniversário de São Paulo

O Museu de Arte de São Paulo (Masp) irá inaugurar no próximo dia 25, aniversário de 468 anos da capital paulista, a nova iluminação...