PUBLICIDADE
InícioCANAISEDUCAÇÃOAvó professora entrega diploma ao neto e ambos se emocionam; vídeo viraliza

Avó professora entrega diploma ao neto e ambos se emocionam; vídeo viraliza

Publicado em
PUBLICIDADE

A formatura é um momento único, que envolve muitos sentimentos, mas a do estudante Leonardo Barili, do curso Técnico em Publicidade, foi ainda mais especial. Em Lajeado, no Rio Grande do Sul, ele recebeu o título de técnico em Publicidade das mãos da avó, a professora Edi Fassini, que é diretora do Centro de Educação Profissional da Universidade Vale do Taquari – Univates.

Edi costuma participar das cerimônias de formatura dos cursos técnicos e, de suas mãos, milhares de estudantes receberam seus diplomas. Porém, ao entregar o certificado ao próprio neto, não conseguiu conter as lágrimas, o mesmo ocorrendo com ele.

 

O vídeo (clique aqui para acessar) publicado nas redes sociais da Univates viralizou, tendo alcançado mais de 3 milhões de visualizações.

Emoção para a vida

“As solenidades de formatura sempre são emocionantes. Já presidi mais de 50 e sempre fico tocada pela alegria dos formandos, pelo entusiasmo da torcida da família e amigos. Mas esta foi muito especial. A vibração do Leo foi uma verdadeira explosão de energia e fiquei tão emocionada que não consegui conter as lágrimas… E a voz, que teimava em falhar”, declara a professora Edi. 

Ela diz que o momento “foi muito, muito forte… Ele veio dançando até a mesa, e só então ouviu os gritos de amigos. Ele disse ‘Ô, loco!’ Percebi o quanto era significativo isso pra ele… Aí eu me quebrei… e demorou alguns segundos pra conseguir falar”, relata. 

Leonardo é o seu primeiro neto; e Edi recorda que seu nascimento foi cheio de intercorrências de saúde. “Foram semanas de sofrimento, dúvidas  e orações. Vencida essa etapa, ele cresceu saudável. Leonardo é empático, comunicativo, e sempre muito ‘da família’. Conferir a ele o título de técnico foi muito especial”, conta a avó-coruja. 

Para Leo, o momento também foi marcante. “As mãos que já senti muitas vezes quando eu estava doente, quando eu dava ‘Bom dia’ numa manhã qualquer, foram as mesmas mãos que me titularam como um profissional qualificado”, explica ele. 

“Minha avó é uma mulher maravilhosa”, diz ele, que complementa contando que, em sala de aula, optou por não associar a experiência da avó na Univates ao seu nome. “Foi pra eu também poder criar a minha história, sem estar na ‘carona’ de uma pessoa tão importante. E foi no momento perfeito, no qual eu estava sendo a estrela, que todos souberam que eu sou parte de outra estrela”, finaliza.  

Imagens: Mais Produtora

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE