PUBLICIDADE
InícioCIDADEHISTÓRIA DE GUARULHOSStella Maris celebra 65 anos de sua Congregação

Stella Maris celebra 65 anos de sua Congregação

Publicado em
PUBLICIDADE

A Congregação das Filhas de Nossa Senhora Stella Maris promoveu, na quarta-feira, 5/10, evento para festejar os 65 anos de fundação da instituição.

A comemoração teve início com a celebração de missa, pelo bispo diocesano Dom Edmilson Amador Caetano, na capela N. Sra. Stella Maris, com a presença da madre superiora da Congregação, Vitória Nazareth de Oliveira; o padre Berardo Graz, primeiro capelão da instituição, demais dirigentes, colaboradores e público em geral.

 

No final da missa, foi lido breve histórico, relatando a saga de três irmãs de caridade – Gilda Tatasciore. Giuseppina Volpi (Lucy) e Paolina Doninelli – que vieram da Itália, no início da década de 1950, para tratar de doentes de hanseníase, indo residir no então Sanatório Padre Bento.

Histórico

O amor das três jovens contagiava as pessoas, o que serviu de incentivo para que muitas outras moças abraçassem o ideal de servir. Em visita ao Sanatório, o então governador Jânio Quadros indagou às irmãs se elas residiam ali. Com a confirmação, ele perguntou se não sabiam que isso era proibido pela legislação da época. Irmã Gilda respondeu que sabiam, mas que obedeciam a uma lei maior que diz “Amai a teu próximo como a ti mesmo”, o que rendeu elogios do governador e apoio dele à luta contra a hanseníase. Ela sempre dizia: “Devemos reacender continuamente esse fogo de entrega total a Cristo”, que disse: “Todas as vezes que fizestes isso a um destes mais pequenos, que são meus irmãos, foi a mim que o fizestes!” (Mt 25,40).

A dedicação aos hansenianos foi o ponto de partida para a criação do hospital Stella Maris, cuja construção teve início em 1964, registrou várias expansões e tornou-se referência na área da saúde em toda a região. Ali nasceram milhares de crianças e inúmeras vidas foram salvas, além de incontável quantidade de pacientes que puderam contar com adequado tratamento de saúde.
Ao longo desses 65 anos, não foram poucas as dificuldades pelas quais a instituição passou para conseguir sobreviver, só as superando graças ao apoio da população, que reconhece a importância do Stella Maris para todos.

Além do hospital Stella Maris, a Congregação das Filhas de N. Sra. Stella Maris é responsável pelo Pensionato São Francisco de Assis, em Guarulhos; pela Associação Santa Terezinha, em Carapicuíba (SP); e pela Associação de Apoio e Desenvolvimento da Criança da Gestante, em Carmo da Cachoeira (MG).

Solenidade

Na sequência da missa, houve queima de fogos, antecedendo solenidade de descerramento de painel que ilustra o saguão do hospital Stella Maris, com as fotografias das fundadoras.
A irmã Nazareth também descerrou painel que registra personalidades importantes para a história da instituição.

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE