PUBLICIDADE
InícioCONSUMIDORCrea-SP fiscaliza manutenção de brinquedos em Guarulhos e região 

Crea-SP fiscaliza manutenção de brinquedos em Guarulhos e região 

Publicado em
PUBLICIDADE

Até 26 de maio, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) realiza força-tarefa de fiscalização na região de Guarulhos. A ação, de caráter orientativo e preventivo, visa assegurar a presença de profissionais habilitados à frente das atividades abrangidas pelo Conselho para garantir a segurança da população.

Ao todo, quatro municípios estão contemplados na operação que prevê 60 diligências. São as cidades de: Guarulhos, Mairiporã, Santa Isabel e Arujá. Para as ações, três agentes fiscais do Crea-SP atuam identificados para avaliar empresas que oferecem brinquedos infantis e profissionais das atividades abrangidas pelo Conselho.

 

“Essa força-tarefa é de extrema importância, pois visa garantir a participação de profissionais, principalmente, da área mecânica na manutenção dos brinquedos nos buffets infantis, shoppings centers, parques indoors, tirolesas, arvorismo”, destacou o chefe da Unidade de Gestão da Inspetoria (UGI) do Crea-SP em Guarulhos, Tecg. Rubens Roque de Moraes.

Balanço 2023

O Crea-SP já realizou mais de 90 mil ações de fiscalização entre janeiro e março deste ano. Em 2022, foram cerca de 462 mil operações executadas em território paulista, um recorde histórico para o Conselho, que ultrapassou a meta de 400 mil ações fiscalizatórias estabelecida para o período. Este ano, o objetivo é realizar 600 mil operações.

De 2015 a 2022, as fiscalizações aumentaram cerca de 1.600%. O crescimento se deve ao uso das tecnologias para apoio às atividades, com pesquisas e apurações remotas, antes e durante atuação dos agentes fiscais em campo, caso do FiscalizApp, aplicativo desenvolvido para suporte ao trabalho da fiscalização do Conselho.

Denúncia

O Crea-SP abre canais em todas as unidades de atendimento para o registro de queixas, além do site; dos telefones 0800 017 18 11 ou 0800 770 27 32 e do e-mail: faleconosco@creasp.org.br.

São infrações à legislação profissional: a ausência de responsável técnico em projetos, execuções ou prescrições; obras clandestinas; falta de placa na obra ou de identificação de responsável em atividades sujeitas à fiscalização; produção irregular de material ou insumo aplicáveis na Engenharia, Agronomia e Geociências; e outras situações relacionadas à violação do exercício técnico.

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE