PUBLICIDADE
InícioDESTAQUENova onda de Covid-19 na China estima 65 milhões de casos semanais

Nova onda de Covid-19 na China estima 65 milhões de casos semanais

Publicado em
PUBLICIDADE

Autoridades chinesas estão em alerta diante do avanço da subvariante XXB da Ômicron, que deve, nas próximas semanas, elevar substancialmente o número de pessoas infectadas com Covid-19. O governo afirma que o número de casos semanais pode chegar a 65 milhões até o fim de junho.

O aumento ocorre seis meses após o país desmontar sua infraestrutura para lidar com a Covid-19 e em meio a uma tentativa de reativar a economia.

 

A estimativa é do renomado cientista Zhong Nanshan, especialista em doenças respiratórias, que identificou os primeiros casos de coronavírus em 2003, associados à SARS (Síndrome Respiratória Aguda Grave).

As declarações foram feitas em uma conferência científica na cidade de Guangzhou, relatadas pelo jornal Pengpai Xinwen (The Paper) de Xangai.

De acordo com a publicação, o especialista afirmou ao público que a onda iniciada no final de abril foi “antecipada” e que sua modelagem sugeria que a China poderia estar se aproximando de 40 milhões de infecções por semana.

Cenário epidemiológico

2,3 milhões de novos casos e quase 15 mil mortes foram registrados nos últimos 28 dias analisados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que compreende o período de 24 de abril a 21 de maio, uma queda de 21% e 17%, respectivamente, em comparação com os 28 dias anteriores.

Foram observados aumentos nos casos relatados nas regiões da África e do Pacífico Ocidental e aumentos nas mortes nas regiões da África, Américas, Sudeste Asiático e Pacífico Ocidental. Até 21 de maio, mais de 766 milhões de casos confirmados e mais de 6,9 milhões de mortes foram relatados globalmente.

*Com Informações da CNN e Folhapress

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE