PUBLICIDADE
InícioDESTAQUEMorre Walewska Oliveira, ex-jogadora de vôlei e campeã olímpica

Morre Walewska Oliveira, ex-jogadora de vôlei e campeã olímpica

Publicado em
PUBLICIDADE

A campeã olímpica pela seleção brasileira de vôlei, Walewska Oliveira, morreu em São Paulo, nessa quinta-feira (21), aos 43 anos.

Até o início da madrugada de hoje (22) a causa da morte não havia sido confirmada, mas há informes de uma queda do 17° andar de um prédio. A polícia investiga as circunstâncias da morte.

 

Mineira de Belo Horizonte, Walewska Moreira de Oliveira conquistou a medalha de ouro nas Olímpiadas de Pequim em 2008 e o bronze em Sidney 2000.

Ela jogou por vários clubes no Brasil e também na Europa. A ex-central se aposentou do vôlei em 2022.

Recentemente, a atleta tinha lançado a biografia “Outras Redes”, além do documentário “O Último Ato”. Nesta semana, havia encontrado o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, que falou de sua emoção ao se encontrar com a ex-capitã da seleção brasileira.

A jogadora é considerada um dos maiores pilares da sua geração no vôlei brasileiro.

Além do ouro nas Olímpiadas de Pequim, Walewska ganhou a medalha de bronze nos jogos de Sidney, em 2000, e fez parte da seleção enviada para Atenas, em 2004.

Já no Praia Clube, Walewska brilhou com o time que conquistou a Superliga na temporada de 2017/2018.

Homenagem

Jogadoras da seleção brasileira de vôlei usaram uma faixa no braço em homenagem a Walewska no jogo contra a Turquia, pelo Pré-Olímpico. O número 1 descrito na homenagem é em referência ao número da camisa da ex-atleta.

Em luto pela morte de Walewska, a seleção brasileira feminina de vôlei perdeu para a Turquia, por três sets a zero, na madrugada de hoje (22), pelo Pré-Olímpico.

Repercussão

O Praia Clube, última equipe a qual Walewska fez parte, publicou uma nota lamentando a morte da atleta.

“O vôlei brasileiro e a comunidade esportiva perderam uma verdadeira lenda, e nossos pensamentos estão com a família e amigos neste momento difícil”, diz a nota.

Em uma rede social, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) relembrou as conquistas e carreira premiada de Walewska.


“Com tristeza e imenso pesar, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) recebeu a notícia do falecimento da campeã olímpica Walewska na noite desta quinta-feira.

Central de excepcional talento, Walewska defendeu por muitos anos a seleção brasileira feminina. Além da medalha de ouro nos Jogos de Pequim 2008, foi bronze em Sydney 2000, conquistou três títulos do Grand Prix, os Jogos Pan-Americanos de 1999 e a Copa das Campeões de 2013.

Walewska era uma jogadora especial, sua trajetória no esporte será para sempre lembrada e reverenciada. Neste momento tão difícil, a CBV se solidariza com a família e os amigos desta grande jogadora”, diz o presidente da CBV, Radamés Lattar

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE