Cineasta guarulhense tem projeto de curta-metragem aprovado pela Lei Rouanet

O trabalho de conclusão de curso (TCC) da aluna de cinema Giulia Valente, de 23 anos, foi contemplado pela Lei Rouanet e agora ela busca patrocínio para viabilizar a produção.

Giulia é guarulhense e estuda na Faculdade Armando Alvares Penteado (Faap) e trabalha com produção audiovisual. Agora, no último ano do curso, fará seu primeiro curta-metragem, “Fora do Domínio”, como roteirista e diretora.

Ela explica que “Fora do Domínio” consiste em um suspense que traz à tona dois elementos considerados tabus: a liberdade sexual e a sexualidade feminina. Na trama, Sâmea, 25 anos, ao passar o fim de semana sozinha em casa, sofre um ataque de dois assaltantes, Maia e Rod. Feita refém, Sâmea se torna o brinquedo sexual do casal, que testa seu limite de dor, por meio de jogos sexuais. Porém, chegando no ponto alto da tensão, Sâmea muda inesperadamente de atitude, dominando o casal assaltante, colocando-os como submissos à sua vontade.
“No decorrer da pesquisa, a protagonista Sâmea se tornou a personificação daquilo que a maioria das mulheres, reprimidas sexualmente, poderia ser: uma mulher determinada a satisfazer suas fantasias e ousada a ponto de ultrapassar os limites da sua libido. A confiança e a dedicação de cada envolvido neste filme, estimulou a equipe a criar um compromisso de verdade com o tema sexualidade, seja ele qual for, transformando o projeto em um produto cultural urgente e necessário.”, relata.

Ela afirma que fazer cinema independente não é e nunca foi fácil. “Durante toda a produção do curta, há diversas despesas, como transporte, cachê para elenco, alimentação em set, equipamentos, maquiagem, figurinos e diversas outros custos que devem ser cobertos. Ao ser contemplado pela Lei Rouanet, nosso projeto necessita de patrocinadores interessados em financiar projetos culturais. O patrocinador usa parte do Imposto de Renda a pagar para incentivar a cultura. A empresa ou pessoa física que decide doar dinheiro para algum projeto por meio da Lei Rouanet não perde nada. Pelo contrário: todo o valor investido será descontado do Imposto de Renda e ainda estará ajudando o cinema nacional”, comenta.

“Desde pequena, eu sempre tive essa vontade de ser artista. Eu até fiz uns cursos de teatro no Adamastor e participei de uma companhia de teatro independente de Guarulhos, mas foi em São Paulo que comecei a fazer outros cursos e a faculdade, que me colocaram em contato com produtoras. Eu acredito que tem muito artista escondido em Guarulhos e que, às vezes, não vê na própria cidade uma oportunidade de crescimento profissional ou facilidade no acesso às fontes de cultura… Então é por isso que eu quero muito trazer este filme pra cá. E, principalmente, buscar nas empresas de Guarulhos o incentivo fiscal que o filme ‘Fora do Domínio’ precisa. Eu ficarei muito feliz em ver este filme pronto em vários festivais e dizer que eu realizei esse meu projeto com a ajuda da minha cidade”, diz, animada.

Ícone do filme

EQUIPE:
Produção Executiva: Laura Senna; diretora: Giulia Valente; diretor de fotografia: Patrick Hanser; primeira assistência de direção: Amanda de Lima Paiva; diretor de produção: João Pedro Carvalho; diretor de som: Herbert Bianchi; co-diretoras de arte: Rafaela Franco e Chiara Sengberg; montadora: Amanda de Lima Paiva

Giulia Valente e sua equipe estão no processo de pré-produção do filme e estão à procura de empresas guarulhenses que estejam interessadas em ajudar esse projeto cultural promissor. Para entrar em contato com a produção do filme, é só mandar email para curtaforadodominio@gmail.com ou entrar na página do facebook /foradodominio.]


Todos podem contribuir

Como são poucas as empresas tributadas pelo lucro real, que é condição para patrocinarem com base na Lei Rouanet, o grupo também lançou o projeto no Catarse, que é um site de financiamento coletivo, por meio do qual qualquer pessoa pode doar qualquer valor.

“É muito fácil, é só entrar no site e doar! E tem ótimas recompensas. Estamos aceitando qualquer quantia de quem quiser contribuir para a realização do filme! No link do Catarse, especificamos que durante a produção devemos arcar com diversos custos e para isso, toda ajuda é bem-vinda”, diz Giulia, que conclui: “Peço que me ajudem a realizar esse filme, com que eu tanto sonho!”.

Para mais informações:
https://www.catarse.me/foradodominio?ref=project_link
https://www.facebook.com/ForaDoDominio/